Colégio Web

Como criar uma rotina de estudos

Mantenha-se calmo: criar uma rotina de estudos não é tão difícil quanto se parece, principalmente quando se tem os fatores certos em mente. Entenda!

Publicidade

Estabelecer uma rotina de estudos é algo que praticamente todos na vida precisamos fazer em algum momento, porém não é tão fácil quanto parece. É pior ainda quando se pede sugestões para pessoas que já possuem rotinas específicas, afinal a mesma rotina que funciona para uma pessoa não necessariamente funcionará para outra.

Os resultados de uma ajuda externa não muito consciente desse fator pode com certeza te deixar um pouco confuso e até mesmo frustrado por não ver bons resultados seguindo uma linha semelhante à de conhecidos.

Mantenha-se calmo: criar uma rotina de estudos não é tão difícil quanto se parece, principalmente quando se tem os fatores certos em mente.

Entenda sua forma dominante de aprendizado

Já reparou que em uma mesma turma, uma pessoa tem facilidade em aprender as matérias mais ligadas a história, outra pessoa tem uma incrível facilidade do aprendizado de idiomas, outros já possuem uma ligação maior com cálculos e noções de física e química, e por aí vai?

Apesar da matéria ser (normalmente) ensinada de uma forma fixa para todos os alunos dentro de uma sala de aula, é evidente que diferentes pessoas têm facilidade ou dificuldade de aprender uma mesma matéria de formas completamente diferente.

Como criar uma rotina de estudos

Isso se chama de forma dominante de aprendizado. As formas atualmente mais evidentes de aprendizado são, visual, auditiva, cinestésica, lógica, verbal e até interpessoal e intrapessoal.

Analise quais matérias e métodos você melhor aprendeu durante todo seu percurso em escolas e salas de aula para começar a compreender como você deve buscar o conhecimento de suas outras matérias.

Assim, você conseguirá adaptar as matérias para seu estilo de aprendizado, e não aprender com estilos diferentes, economizando tempo e otimizando seus estudos para uma forma mais prazerosa e simples para você.

Faça uma agenda de estudos com objetivos

A mente humana trabalha em torno de objetivos. Não ter objetivos marcados em relação a seus estudos certamente fará com que você nunca se motive a estudar, e comece a estudar mais devagar.

Porém, ter objetivos demais também não é o ideal, já que você verá o objetivo tão distante e não conseguirá pensar em como atingirá ele tão cedo.

Como criar uma rotina de estudos

Tenha focos mínimos e máximos no seu estudo. Mínimos são para cada sessão de estudos que fizer com suas matérias específicas. Pode ser conseguir explicar a matéria sem consultar, ou fazer uma equação sem consultar a fórmula e teoria.

Para o objetivo máximo, ponha algo a longo prazo. Normalmente para esses, é costume fazer o objetivo baseado no valor que deseja suas notas e trabalhos no final do semestre. Lembre-se de não ser muito duro consigo mesmo, ponha sempre valores realistas para também não se desmotivar caso não consiga o que deseja.

Torne dos estudos uma rotina diária, porém variada

Estabelecer uma rotina diária não é tão complicada quanto parece. Basicamente, se pretende estudar todos os dias durante a semana, se conseguir estabelecer isso durante 28 dias, é bem capaz que seu cérebro estabeleça isso em sua rotina.

O ideal, no entanto, é intercalar as matérias, e nunca estudar a mesma matéria por vários dias seguidos caso não precise. Assim você irá transferir a memória de curto prazo para longo prazo aos poucos.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados