Colégio Web

Como escolher uma área de graduação?

Publicidade

Chega ao período próximo de vestibular e as pessoas começam a se descabelar. Depois de tanto tempo na escola, sairão e irão para uma Universidade, que é outro mundo paralelo a este, com grandes diferenciais visando prepara-lo ao mercado de trabalho.

Muitos já estão certos do que querem seguir. Outros, nem tanto. Ainda ficam na dúvida sobre o que farão, e é totalmente compreensível, pois a ideia é que trabalhe com isso pelo restante da vida. Por isso, pesquisar bastante é o ideal, pois assim conseguirá trilhar um bom futuro e terá prazer em ir todo dia para o Ensino Superior.

Todavia, não fique nervoso! Dentro de si, você sabe no que é o melhor. Precisa, apenas, aceitar isso. Não ouça amigos, parentes e afins. Ouça você mesmo e logo saberá qual a melhor escolha.

2 dicas para escolher uma área de graduação

Escolher uma área de graduação

Dentre tantas opções, todas bastante interessantes e sedutoras, não podemos perder o foco. Precisamos fazer aquilo que nós amamos! Você é um adolescente, já viveu o suficiente para saber como funciona um pouco da vida. Agora chegou a hora de fazer suas escolhas…

Para te auxiliar, nós daremos 2 perguntas que você deve fazer a si mesmo. É necessário que você responda com honestidade para não alterar os resultados. Esperamos que ao fim delas, tenhamos te ajudado. Confira!

1# – Exatas ou Humanas?

Dificilmente uma pessoa é boa em humanas e em exatas. Ambos são divisores de água, pois não condizem apenas com áreas de graduação, mas, sim, com a vida. Pessoas de matemática e psiquiatria pensam de uma maneira diferente, veem o mundo de maneiras distintas e acreditam que o melhor está na sua área.

E para você? Exatas tem uma visão clara sobre o que é certo ou errado. Por se tratar de números, não há espaço para discussão. Ou é ou não é! Ao contrário de Humanas, onde não há nada certo. Tudo é aberto para discussões, há diversas respostas corretas para o mesmo tema.

Então, a dica é: antes de escolher o curso de graduação, faça esta divisão se você seguirá por humanas ou exatas. Desta maneira, cortará facilmente diversos cursos e facilitará um pouco mais para escolher uma área de graduação.

2# – Conseguirei trabalhar com isso a vida inteira?

Ao acertar em cheio a área na qual deseja seguir, você precisa se questionar se conseguirá trabalhar com ela durante toda a sua vida. A ideia é que você estude os 5 anos, por exemplo, depois já siga com especializações e trabalhe até os 60 anos de idade. É um longo tempo, você não pode enjoar, pois teria que fazer outra graduação, entrar no mercado novamente, e perderia tempo.

Então, não pense apenas no que você simplesmente gosta. Estude tudo que envolve esta profissão, desde o local de trabalho, possibilidades de crescimento e enriquecimento, salário inicial, o que te agregará aos outros campos da vida, e por aí vai.

Empreender está na moda hoje. Caso você tenha este perfil, não hesite em escolher áreas que te deem liberdade para usar o seu máximo potencial.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados