Colégio Web

3 filmes baseados em filosofia que você deve conhecer!

Publicidade

A filosofia voltou às grades curriculares das escolas há pouco tempo. Até então, esquecida pela população, apenas quem quisesse seguir esta área na faculdade teria contato com o material riquíssimo que ela acumulou ao longo dos séculos.

No entanto, crianças de todas as idades, adolescentes e adultos já tiveram contato com um pouco de filosofia mesmo sem saber. Sabe como? Por meio de filmes! Sim, Hollywood utilizou bastante conceito de pensadores consagrados para criar seus roteiros.

Abaixo você verá uma relação de alguns filmes relacionados a filosofia, onde você pode extrair ensinamentos e/ou fazer conexão com materiais escritos ao longo da história.

Melhores filmes com conceitos filosóficos

Melhores filmes com conceitos filosóficos

Você pode pensar que este artigo não é sério, mas mudará totalmente de opinião ao terminar de ler o texto. Os filmes têm muito mais informação do que você pode pensar! Fazendo relação com alguns filósofos famosos da História, você verá que pode utilizar partes do enredo para compreender a matéria.

Então, além de se divertir vendo filme, poderá entender um pouco mais a essência do pensamento por meio de metáforas cinematográficas. Está curioso?  Então, confira!

1# – Matrix

O mais clássico de todos, Matrix é o melhor filme para relacionar com filosofia. Você já o assistiu? Basicamente, o filme diz que todos nós estamos vivendo na Matrix, um local regido por computadores, onde tudo que vemos, ouvimos e sentimos é pura ilusão; e não temos como perceber!

Tudo parece bastante real. Logo, se levarmos ao nosso cotidiano, o que comprova a existência de algo em nossas vidas? E se os nossos sentidos nos enganam? Por exemplo, uma pessoa com miopia enxerga de maneira diferente daquela que tem a visão boa. Logo, o que é a realidade? E por que a visão boa seria a certa?

Você entenderá os conceitos muito melhor ao ler as obras do Bertrand Russell, um filósofo influente do século XX.

2# – Show de Truman

Seguindo a mesma premissa do filme Matrix, em “Show de Truman” a personagem principal está em um estúdio, vivendo sem saber que participa de um reality show. Toda sua vida é transmitida para os Estados Unidos da América, e ele não tem noção disso.

Logo, utilizando esta linha de pensamento, o que não garante que estamos em algo similar? Um amigo do Truman é real ou irreal, já que é apenas um ator? Estas e outras questões podem nos conceder algumas horas de pensamentos filosóficos, pois lembra o problema proposto por Bertrand Russell, mas com uma metáfora diferenciada.

3# – A Origem

Por fim, o filme com DiCaprio “A Origem” tem um enredo muito curioso. Nesta obra, as personagens principais utilizam uma máquina que simula um sonho, para poder retirar informações de alguma determinada pessoa. Por exemplo, ela coloca a sua senha em um cofre, eles veem e voltam para a vida real para roubá-lo.

Em um sonho, tudo é tão real que nós sentimos a dor, o anseio, o medo, como se realmente estivéssemos vivenciando, não é? Então, o que não garante que nossas vidas não sejam sonhos?

Caso tenha gostado destes questionamentos, te convidamos para ler as obras de Russell e de Berkeley. Boa leitura!

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados