Colégio Web

Interpretação de texto

Publicidade

O Primeiro passo para se fazer uma prova, seja ela dissertativa ou argumentativa o primeiro passo é entender o que o aquele texto quer dizer, e quais as informações que ele irá passar. Para isso, a pessoa tem de ter uma boa noção de como interpretar um texto.

Por isso, nós do colégio separamos algumas dicas para você que vai prestar vestibular e quer saber mais como se interpreta um texto.

Para se interpretar um texto, são necessários alguns pontos importantes que não devem ser deixados de lado, a primeira coisa é o conhecimento histórico literário, nesse caso a pessoa teria de ter alguma noção sobre estrutura de texto, escolas e gêneros literários. A outra é uma boa noção de gramática, pois não adianta interpretar algo que está com a gramática incorreta. E, a capacidade de observação também é uma particularidade muito importante para quem vai interpretar um texto, alem de, um raciocínio rápido e objetivo.

Para pode entender um texto, você tem de saber que existem dois níveis de leitura:

– Interpretativa

– Informativa e de reconhecimento

A leitura informativa e de reconhecimento deve ser feita com muito cuidado, pois é o primeiro contato que você terá com o texto. Nesse primeiro contato você deve extrair as principais palavras do texto, como as palavras-chave e ir grifando-as.

A leitura interpretativa deve ser concentrada nas perguntas e respostas. Retorne ao parágrafo quantas vezes for necessária até que se entenda o que o texto quer dizer.

Existem mais 10 (dez) dicas fundamentais para poder entender melhor um texto que são:

01. Ler todo o texto;
02. Se encontrar palavras desconhecidas, não interrompa a leitura;
03. Ler o texto pelo menos umas três vezes;
04. Ler com perspicácia, sutileza;
05. Voltar ao texto tantas quantas vezes precisar;
06. Não permitir que prevaleçam suas idéias sobre as do autor;
07. Partir o texto em pedaços (parágrafos, partes) para melhor compreensão;
08. Centralizar cada questão ao pedaço (parágrafo, parte) do texto correspondente;
09. Verificar, com atenção e cuidado, o enunciado de cada questão;
10. Marcar a resposta correta apenas quando for entregar a avaliação.

Tipos de texto

Existe mais de um tipo de texto e como tal também tem suas técnicas de interpretação:

  • Texto Narrativo
  • Texto Descritivo
  • Texto Dissertativo

Interpretar x Compreender

Interpretar é bem diferente de compreender um texto, e essa diferença deve ser respeitada em um exercício, por exemplo, pois na hora dos resultados faz muita diferença. Saiba como é feita cada uma delas:

INTERPRETAR SIGNIFICA  COMPREENDER SIGNIFICA
– EXPLICAR, COMENTAR, JULGAR, TIRAR CONCLUSÕES, DEDUZIR.
– TIPOS DE ENUNCIADOS
• Através do texto, INFERE-SE que…
• É possível DEDUZIR que…
• O autor permite CONCLUIR que…
• Qual é a INTENÇÃO do autor ao afirmar que…
– INTELECÇÃO, ENTENDIMENTO, ATENÇÃO AO QUE REALMENTE ESTÁ ESCRITO.
– TIPOS DE ENUNCIADOS:
• O texto DIZ que…
• É SUGERIDO pelo autor que…
• De acordo com o texto, é CORRETA ou ERRADA a afirmação…
• O narrador AFIRMA…

Como estamos em época de vestibular, que tal colocar seus conhecimentos em prática? Então, fique ligado nesse exercício de interpretação que caiu na prova da UFRGS:

Em 1952, inspirado nas descrições do viajante Hans Staden, o alemão De Bry desenhou as cerimônias de canibalismo de índios brasileiros. São documentos de alto valor histórico (…)
Porém não podem ser vistos como retratos exatos: o artista, sob influência do Renascimento, mitigou a violência antropofágica com imagens idealizadas de índios, que ganharam traços e corpos esbeltos de europeus. As índias ficaram rechonchudas como as divas sensuais do pintor holandês Rubens.No século XX, o pintor brasileiro Portinari trabalhou o mesmo tema. Utilizando formas densas, rudes e nada idealizadas, Portinari evitou o ângulo do colonizador e procurou não fazer julgamentos. A Antropologia persegue a mesma coisa: investigar, descrever e interpretar as culturas em toda a sua diversidade desconcertante.Assim, ela é capaz de revelar que o canibalismo é uma experiência simbólica e transcendental – jamais alimentar.Até os anos 50, waris e kaxinawás comiam pedaços dos corpos dos seus mortos. Ainda hoje, os ianomâmis misturam as cinzas dos amigos no purê de banana. Ao observar esses rituais, a Antropologia aprendeu que, na antropogafia que chegou ao século XX, o que há é um ato amoroso e religioso, destinado a ajudar a alma do morto a alcançar o céu. A SUPER, ao contar toda a história a você, pretende superar os olhares preconceituosos, ampliar o conhecimento que os brasileiros têm do Brasil e estimular o respeito às culturas indígenas. Você vai ver que o canibalismo, para os índios, é tão digno quanto a eucaristia para os católicos. É sagrado. (adaptado de:Superinteressante, agosto, 1997, p.4)

 

Questão da prova

Considere as seguintes informações sobre o texto:

I – Segundo o próprio autor do texto, a revista tem como único objetivo tornar o leitor mais informado acerca da história dos índios brasileiros.

II – Este texto introduz um artigo jornalístico sobre o canibalismo entre índios brasileiros.

III – Um dos principais assuntos do texto é a história da arte no Brasil.

Quais são corretas?

a) Apenas I
b) Apenas II
c) Apenas III
d) Apenas I e III
e) Apenas II e III

Resposta correta: B

Mas, não para por ai, se você quiser ficar fera em interpretar texto tem de estudar bastante, fazer muitos exercícios. Conheça também os cursinhos pré-vestibular que o iPED oferece a você! https://www.iped.com.br/cursinho-pre-vestibular

 

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados