Colégio Web

A origem da saliva

salivaTodos os seres vivos salivam? Como esse líquido pastoso surge em nosso organismo. Você já conseguiu descobrir como a saliva é formada em sua boca e para que ela serve? A ciência explica que a saliva é produzida pelas glândulas salivares. Dentro da saliva podemos encontrar diferentes substâncias. O ar, por exemplo, é um componente da saliva. É ele quem vai fazer surgir o aspecto de espuma. Há também elementos da água, ptialina, nitrogênio, enxofre, potássio, sódio, cloro, cálcio, magnésio, ácido úrico, ácido cítrico e algumas proteínas.

Publicidade

Cada uma dessas substâncias vai compor um papel na formação da saliva. Elas não estão aí por acaso. Algumas servirão para proteger a boca contra elementos nocivos, como bactérias e vírus. São substâncias defensivas que vão impedir a entrada ou o nascimento de qualquer micro-organismo invasor e perigoso. É quem nos previne, por exemplo, do surgimento de infecções e cáries. A substância defensiva não age sozinha, mas cumpre um importante papel e precisa da nossa contribuição, especialmente com o processo correto da escovação.

Essas substâncias não estão presentes em nossa saliva por acaso. Cada uma delas tem uma função específica. Há substâncias que agem na proteção da nossa boca contra agentes nocivos, como bactérias e vírus. Essas substâncias não deixam que microrganismos cresçam em nossa boca provocando cáries e infecções. Claro que essas substâncias não conseguem combater sozinhas todos esses microrganismos. Elas precisam da sua ajuda com uma boa escovação após cada refeição.

Por que salivamos ao desejar algum alimento?

img_cual_es_la_funcion_de_la_saliva_21834_origAlém de deixar a boca úmida e agir como elemento de proteção, a saliva também atua como lubrificante dos alimentos, o que acaba facilitando e muito o processo de mastigação, deglutição e gustação. Essa característica está relacionada à existência de uma enzima conhecida como amilase salivar. O adulto produz, em média, até dois litros de saliva por dia. Quando ingere algum tipo de alimento, a saliva pode inclusive sofrer alteração.

A grande curiosidade é: por que salivamos ao desejar algum alimento? Às vezes, basta olharmos ou sentirmos o cheiro e nossa saliva já anuncia que foi contaminada por essa sensação. A ciência esclarece que o sistema nervoso interpreta a nossa informação como se realmente fossemos comer aquele alimento e automaticamente as glândulas salivares começam a sua produção. Interessante, né? Aquela sensação de água na boca. E à noite, o que acontece com o processo salivar? Durante o sono, o corpo não produz saliva. Simplesmente porque não está recebendo nenhum estímulo. Daí o fato de acordarmos com a boca ligeiramente seca.

É importante destacar que, apesar de sua importância, a saliva também é um elemento que pode trazer prejuízos ao organismo, desde que ele esteja infectado por vírus e outros elementos nocivos. É o caso da gripes, herpes, sarampo, caxumba, escarlatina, catapora e outras doenças que podem ser transmitidas a partir dessa via.

E então, ficou curioso sobre qual vai ser o próximo alimento a ser detectado pela sua saliva?

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados