Colégio Web

A insegurança, o medo e a desconfiança nas cidades

Em 2014, já tivemos rebelião em presídios, morte de criança em queima de ônibus e muito mais. A insegurança e o medo instauraram-se. Como lidar com isso?

Publicidade

O ano que passou foi um ano em que vivemos muitos riscos e com medo da violência. Nesse ano, já tivemos rebelião em presídios, morte de criança em queima de ônibus e 2014 está apenas começando! Como aproveitar todos os atrativos que a cidade possui como eventos, feiras, baladas, restaurantes? Como desfrutar da cultura e do lazer que a cidade oferece com tanto medo e insegurança?

Você já reparou que as pessoas andam assustadas nas ruas, ficam com receio de até mesmo prestar uma informação? Os condomínios sãofechados com grades e todos os sistemas de segurança instalados. As pessoas estão impondo restrições por conta da violência e estão deixando de sair à noite para jantar, dançar e ir para a balada em busca de novas amizades e amores.

O temor da criminalidade também invade a nossa casa por meio dos canais de comunicação: TV, rádio, internet, entre outros muitos. Esse medo diminui a liberdade pela busca do afeto, do encontro pelo outro, da busca pelo amor.

Medo Insegurança Cidade

Todos nós sabemos que a união aumenta o sentimento de segurança e de conforto. Você que já tem um parceiro não precisa sair no meio dessa cidade turbulenta para se divertir, para conversar e amar. Ah! Como sofre aquele que não tem o seu par! Na balada, quem sabe não encontrariam o amor? Quando você vence a barreira do medo e vai para a balada, surge o medo e a incerteza na confiança pelas pessoas. Afinal, são tantos desconhecidos. E quando um deles se aproxima então! O que fazer?

Não temos só o medo de roubo ou golpe, mas também na qualidade dos sentimentos das pessoas. As pessoas estão perdidas e confusas, com desejos estranhos e atitudes conturbadas. Cadê o conteúdo, a inteligência, a consistência, a ética, a conduta, o carinho e o afeto pelo próximo, o respeito, os valores e o amor?

A confiança e a segurança estão abaladas nessa sociedade que oferece risco. Será que não se tem nada de bom nessa sociedade? Será justo pensarmos de uma forma tão pessimista? Nosso coração aguenta tanta decepção e frustração? A vida realmente está difícil, mas pensar que seja apenas isso não seria um exagero! Nossa fobia leva a depressão e ao pânico, e nessa hora vamos acreditar e confiar em quem?

Chega! Vamos desfrutar a vida com a sabedoria, acreditando que o ser humano pode ser melhor e que a luz ainda brilha dentro de cada um.  Que você encontre seu par; onde, não importa. O importante é ser feliz e amar muito!

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados