Colégio Web

MEC promete internet rápida em todas as escolas em 7 anos

Projeto quer utilizar conexão rápida nas escolas para formação de professores.

Publicidade

O Ministério da Educação afirmou que todas as escolas públicas do Brasil, independentemente se forem escolas municipais, estaduais ou federais, terão internet rápida até o ano de 2024. O MEC afirmou também que 22,4 mil escolas já receberiam o acesso até o final do ano que vem. Este é um projeto da Política de Inovação Educação Conectada, uma parceria entre os ministérios da Educação (MEC) e da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.

MEC promete internet rápida em todas as escolas em 7 anos

Os detalhes do programa foram divulgados na última quinta-feira pelo presidente Michel Temer e o ministro da Educação, Mendonça Filho. Juntamente com a internet, o governo quer implementar um programa de formação de professores com foco em práticas pedagógicas mediadas por tecnologia e no uso de conteúdos digitais em sala de aula.

O investimento que será feito pelo governo na primeira fase do projeto será de R$ 271 milhões até o fim de 2018. Do total, R$ 255 milhões serão destinados à conexão nas escolas, incluindo ampliação da rede terrestre de banda larga e conectividade sem fio (wi-fi), compra de equipamentos e aquisição de um satélite que levará internet de pelo menos 10 MB às escolas rurais – com inviabilidade de se conectar via rede terrestre.

MEC promete internet rápida em todas as escolas em 7 anos

O MEC considera essa uma atualização do Programa Nacional de Tecnologia Educacional (Proinfo), lançado em 1997, mas que acabou focando apenas na aquisição dos computadores, sem pensar nas outras dimensões tecnológicas. O governo afirma também que o projeto, para que ele possa de fato funcionar, vai precisar do apoio de outros Ministérios, como o da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.

A falta de conexão com internet rápida tem sido considerado como um dos principais obstáculos para que as escolas públicas consigam trabalhar questões de tecnologia dentro de aula.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados