Colégio Web

Evitando o terçol

Publicidade

O terçol é mais uma questão estética do que um problema de visão propriamente dito, visto que atrapalha o olhar pelo inchaço que causa e não por prejudicar a visão. É um problema que facilmente pode ser tratado em casa, porém, persistindo os sintomas após 48 horas é necessário consultar um médico.

O que é e o que causa?

É uma infecção das glândulas sebáceas e sudoríparas e se forma na base das pálpebras ou cílios. É uma doença infecciosa. Apesar de não contagiosa, pode ocorrer a contaminação de um olho para o outro, por isso manter a higiene é extremamente importante. As dores variam de leve a insuportáveis.

Geralmente é causado por uma higiene inadequada, esfregar os olhos com as mãos sujas, mas também pode ser consequência de problemas nutricionais, estresse e mudanças hormonais.

Incômodos ao piscar, sensibilidade à luz, coceira, ardência, lacrimejar com frequência, a visão um pouco borrada e secreções no olho ou nos olhos são os principais sintomas.

Terçol

Tipos de terçol

Externo: Inflamação perto da pálpebra, possui um ponto amarelo e a tendência é que cure em pouco tempo.

Interno: Inflamação mais longe da pálpebra, possui um ponto vermelho e a cura pode ser mais demorada.

Como tratar?

O primeiro passo é lavar bem as mãos para fazer a limpeza das pálpebras com água morna, massageando e pressionando suavemente. Durante todo o dia fazer compressas de água quente, ao menos quatro vezes, mantendo-a no local afetado por cerca de dez minutos. Esse processo ajudará a diminuir o inchaço e a acelerar a drenagem. Depois de drenado ele começa a curar sozinho.

Caso haja pus ou algum tipo de secreção, lave as pálpebras com sabonete neutro ou antibacteriano. Jamais aperte, esfregue ou tente fazer um corte no terçol com o intuito de acelerar a drenagem, pois assim irá propagar a infecção ou em casos mais sérios, pode prejudicar as glândulas lacrimais ou até mesmo o globo ocular.

Alguns cuidados

– Se você estiver com os sintomas não use lentes de contato e lembre-se sempre de fazer a limpeza adequada das mesmas;

– Use soro fisiológico para fazer a limpeza das pálpebras;

Tercol

Se você sentir coceira e notar o inchaço da pálpebra, além de cuidar a higiene, use uma pomada oftálmica especial. Não use antibióticos de uso geral, opte por cremes para a área dos olhos.

É importante lembrar que os olhos estão diretamente ligados com o sistema sanguíneo e linfático, então consulte sempre um médico antes de aplicar qualquer medicamento para evitar que a visão não seja prejudicada.

Como prevenir?

A melhor forma de evitar o terçol é mantendo uma higiene adequada. Para quem não abre mão da maquiagem, retire-a sempre antes de dormir.

Algumas doenças de pele podem ser responsáveis pelo aparecimento de terçol recorrente, nesses casos, o recomendado é que o paciente procure um médico dermatologista para controlar a doença e evitar a formação de terçol.

Se bem cuidado e higienizado, o terçol não causa maiores danos e pode ser facilmente eliminado de forma natural, sem uso de medicamentos e de colírios.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados