Colégio Web

Universidade Federal do Rio de Janeiro não terá dinheiro para pagar as contas do segundo semestre

Publicidade

A crise nas finanças da Universidade Federal do Rio de Janeiro, uma das melhores e mais reconhecidas universidades do Brasil, está em uma profunda crise financeira. De acordo com uma declaração feita pelo reitor da instituição, não existem recursos para o pagamento dos compromissos a partir do mês de setembro deste ano.

Universidade Federal do Rio de Janeiro não terá dinheiro para pagar as contas do segundo semestre

“As dívidas estarão se avolumando. Vai chegar um momento do ano, provavelmente a partir de setembro, em que as dívidas que estão se acumulando no primeiro semestre, hoje superiores a R$ 115 milhões, criarão uma situação em que a universidade já não será mais capaz de honrar todos os seus pagamentos”, declarou o novo reitor, Roberto Leher.

Diante do quadro de dificuldades que a universidade enfrenta, o novo reitor afirma que a instituição está fazendo de tudo possível para reduzir o consumo nos mais variados setores, mas especialmente naqueles que acabam tendo impacto maior no final do mês, como é o caso da energia elétrica.

Saídas

Universidade Federal do Rio de Janeiro não terá dinheiro para pagar as contas do segundo semestre 2

O reitor afirma que a atual situação se mostra insustentável. Para resolver os problemas, a saída encontrada pelo reitor seria a renegociação dos repasses de investimentos para as universidades, uma vez que o Ministério da Educação acabou colocando todas as instituições no mesmo patamar, não levando em consideração os gastos de cada uma na hora de cortar as verbas.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados