Colégio Web

MEC nega a criação de provas de avaliação da educação infantil

Publicidade

O Ministério da Educação emitiu uma posição oficial sobre um assunto polêmico: a avaliação da educação infantil. De acordo com a coordenadora geral de educação infantil da Secretaria de Educação Básica do Ministério da Educação, Rita Coelho, não existe qualquer possibilidade do governo criar uma prova destinada as crianças com o objetivo de avaliar o ensino infantil no Brasil, como acontece com o ENEM, por exemplo.

MEC nega a criação de provas de avaliação da educação infantil

De acordo com Rita Coelho, o governo atualmente trabalha na implantação de uma política que permite avaliar a educação infantil, mas nesta avaliação não será mensurado o desempenho final das crianças.

A criação deste plano de avaliação é importante pois deve atender a uma das metas previstas no Plano Nacional da Educação (PNE), o documento que estabelece uma série de estratégias e políticas que devem ser implementadas no Brasil pelos próximos dez anos.

Avaliação

MEC nega a criação de provas de avaliação da educação infantil 2

De acordo com o Ministério da Cultura, esta avaliação deverá abranger cinco eixos: acesso e oferta de vagas, infraestrutura da escola, recursos materiais, profissionais, gestão do sistema e gestão da unidade escolar. O desempenho dos alunos será mensurado a partir de um estudo e dados coletados em estatísticas como o Censo Escolar.

“Somos contrários a avaliação de crianças porque nesta etapa elas não se desenvolvem da mesma forma e mesmo ritmo. Além do mais, se fizéssemos isso estaríamos antecipando uma cultura classificatória de avaliação de desempenho não adequada para esta fase”, afirma Rita.

Atualmente no Brasil entende-se por educação infantil o ensino destinado as crianças de 0 a 3 anos de idade. Segundo os dados do MEC são 8 milhões de matrículas, com 470 mil professores e 116 mil instituições de ensino.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados