Colégio Web

Governo quer incentivar atendimento odontológico nas universidades

Publicidade

O Ministério da Saúde quer aumentar o papel das universidades no atendimento à população carente em determinadas áreas, como a odontológica. Na última terça-feira, dia 05, foi apresentado um novo programa do Governo Federal que tem como principal objetivo ajudar  a aumentar o número de atendimentos as pessoas que não possuem condições financeiras.

Governo quer incentivar atendimento odontológico nas universidades

De acordo com a proposta apresentada no programa GraduaCEO, o governo federal vai passar a repassar dinheiro para que as instituições de ensino que oferecem o curso de odontologia comprem mais equipamentos com o objetivo de atender a comunidade. Além disso, o projeto também prevê um repasse de verbas mensais para conseguir subsidiar os atendimentos.

O dinheiro que vai ser disponibilizado para as instituições de ensino vai depender da quantidade de atendimentos que forem realizados por mês, sendo que o valor poderá variar entre R$ 25,2 mil e R$ 103,3 mil. O valor poderá ser aumentado caso a instituição tenha um desempenho interessante durante o projeto.

“Ainda estamos marcados pelo modelo de extração e mutilação, que levou à existência de gerações e gerações de pessoas desprovidas do direito de sorrir, mastigar e se sentir uma pessoa digna”, afirmou o ministro Arthur Chioro (Saúde), na ocasião do lançamento do projeto.

Acompanhamento dos alunos

Governo quer incentivar atendimento odontológico nas universidades 2

Além das instituições de ensino, também poderão participar do projeto clínicas que possam fazer parcerias com as faculdades. Estes estabelecimentos deverão oferecer atendimento gratuito para a comunidade e os alunos das faculdades poderão fazer o acompanhamento em tempo integral das consultas e dos atendimentos.

Com este novo projeto o Ministério da Saúde quer aumentar em 40 mil, no mínimo, os atendimentos odontológicos da rede pública.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados