Colégio Web

Veja x Carta Capital: entenda o posicionamento das duas revistas

Publicidade

No mundo todo, é muito comum ver revistas e jornais sendo lembrados claramente por conta de seus posicionamentos políticos e ideológicos, que é algo que, em países como os Estados Unidos, é das coisas mais naturais de todas.

No entanto, no Brasil, especialmente durante a última campanha presidencial, vimos que ter um posicionamento político ou ideológico claro pode ser um problema para uma publicação, vide o ataque perpetrado por vândalos à sede da editora Abril no ano passado.

Por isso mesmo, vamos tentar analisar um pouco mais de perto as diferenças de posicionamento político e ideológico de duas das mais importantes revistas de informação e de opinião do Brasil, a Veja e a Carta Capital.

Veja

Veja

A mais importante e mais tradicional revista de informação e de opinião do Brasil, a Veja é também muito lembrada por seu papel decisivo em escândalos que acabaram por mudar os rumos do país.

Por conta de suas reportagens bombásticas, a revista ganhou a fama de ser capaz de colocar e também de tirar pessoas do poder, e também de destruir reputações de modo sistemático.

Ao longo dos anos, a revista se posicionou mais à esquerda em alguns momentos, foi mudando para o centro, e hoje em dia, de modo quase que consensual para a maior parte das pessoas, se tornou uma revista mais à direita ideologicamente falando.

A verdade é que, em muitos momentos, algumas das opiniões publicadas na revista podem ser consideradas de viés mais reacionário e mais direitista, mas o fato é que, com a subida do PT ao poder em 2003, com os seguidos escândalos de corrupção ocorridos durante a atuação deste partido, e com a cobertura que a revista fez ao longo destes anos, os petistas, especialmente, colocaram a revista mais à direita.

Carta Capital

Carta Capital

Muito mais nova do que a sua rival Veja, a revista Carta Capital foi fundada em 1994, tendo entre seus colunistas principais nomes muito ligados ao pensamento mais à esquerda.

A revista sempre se pautou mais pela análise crítica do que pela informação propriamente dita, o que fez dela sempre uma revista muito apreciada por quem gosta de análises mais embasadas ao invés de apenas informação sem profundidade.

No entanto, com o passar dos anos a revista passou a assumir um posto cada vez mais à esquerda, e com isto, ficou mais evidente que os seus leitores passassem a ser, em sua grande maioria, pessoas que seguem a ideologia de esquerda também.

Apesar disto, em sua curta existência, a revista Carta Capital já conseguiu receber algumas premiações realmente importantes, o que reforça a qualidade, acima de tudo, de seu texto.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados