Colégio Web

Criptografia

O termo criptografia vem do grego. Neste caso, kryptós significa “escondido”, e gráphein quer dizer “escrita”. Logo, criptografia equivale ao estudo de várias técnicas e princípios que fazem com que a informação seja transformada de seu formato original para um outro formato que estará ilegível para todas as outras pessoas. Apenas quem criou o elemento criptográfico vai entendê-lo. Ou, quem vai receber a mensagem. Aquele que detém a chave secreta. É preciso tornar a mensagem difícil de ser interpretada justamente porque pessoas não autorizadas podem estar buscando tais informações.

Publicidade

A criptografia também é um ramo da Matemática. Nesses estudos matemáticos, os pesquisadores esclarecem que existem dois tipos de chaves criptográficas: as simétricas (criptografias de chaves únicas) e as chaves assimétricas (criptografias de chaves públicas).

As informações não cifradas que são enviadas por alguém a outros destinatários são chamadas de “texto claro” ou plaintext. Também são usadas por várias organizações. Já as cifragens, são processos de conversão de textos claros para outros de códigos cifrados ou também chamados de decifragem. São, neste caso, processos contrários em que se tenta recuperar textos originais a partir de textos cifrados.

É compreensível que atualmente os estudos de criptografia vão muito além de aspectos de cifragem e decifragem. Hoje ela é muito mais vista como um ramo que se especializou na teoria das informações. Diversas contribuições estão sendo observadas em outras áreas do conhecimento em função de tais estudos. Há quem já esclareça a influência de autores como Maquiavel, Sun Tzu e Karl von Clausewitz para o surgimento da criptografia. Essa ciência assume, em tempos modernos, variados contornos em torno dos algoritmos criptográficos que podem usados para computadores e afins.

Nesse sentido, o mundo atual se configura em um espaço de poder que tem a criptografia como chave para muitos conflitos entre países. Basta analisar o que aconteceu mais recentemente, com episódios de escutas de líderes de grandes nações e invasões de e-mails e outros dados confidenciais.

Para que serve?

Criptografia significa ocultar e escrever. É um conjunto de palavras, símbolos e códigos que somente quem envia e quem recebe a mensagem sabe o que está escrito. É feito através de uma fórmula matemática.

Esse processo acontece por meio de algoritmos que fazem o embaralhamento das informações nos sites, com o uso de uma e ou mais chaves. A criptografia também pode ser usada para:

Autenticar a identidade de usuários;
Autenticar e proteger o sigilo de comunicações pessoais e de transações comerciais e bancárias;
Proteger a integridade de transferências eletrônicas de fundos.

 

 

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados