Colégio Web

Como agem as plantas carnívoras

1Que alguns animais são altamente carnívoros nós todos sabemos. Inclusive nós, os humanos, que temos enorme resistência a abandonar o uso da carne. Mas, você sabia que as plantas também são carnívoras? Há muitas dúvidas em torno dessa questão e vamos tratar de saná-las todas agora. O ambiente mais comum em que observamos plantas carnívoras é o espaço do cinema. Nele, a ficção científica solta a imaginação. Gigantescas, as cinematográficas plantas carnívoras podem comer até mesmo um elemento humano. E na vida real, será que isso também tem algum tipo de fundamento? É o que vamos descobrir agora.

Publicidade

A planta carnívora, assim como as de outras espécies, também vai realizar fotossíntese. Ela, portanto, é capaz de produzir a sua própria alimentação. Entretanto, o que a diferencia das demais é a capacidade de fazer a retirada de alguns tipos de nutrientes a partir de outros seres. Esse outro ser vivo serve de alimento complementar à planta carnívora.

Uma planta carnívora sente essa necessidade por geralmente estar situada em ambientes com poucos elementos nutritivos. As principais carências estão nos nitratos e fosfatos. A raiz não consegue encontrá-los no solo e acaba buscando essas duas substâncias em ambientes externos.

Como a presa é atraída?2

Na hora de atrair a presa, a planta carnívora se utiliza de um tipo muito particular de estratégia. O odor mais forte e a cor vibrante são elementos muito centrais nesse momento. Porém, quando se trata de um animal, não é suficiente apenas apostar na cor e cheiro. Assim, a planta carnívora se vale do próprio corpo. Como? Adequando sua folhagem para que esta se torne uma espécie de armadilha.

Em todo o mundo, há pesquisas que apontam para a existência de quase 600 espécies de plantas com esse padrão. A diversidade de armadilhas é bem ampla: há algumas folhas que se fecham, outras liberam substâncias e líquidos pegajosos que tornam a presa cativa. Há ainda as plantas que se revestem de pelos “colantes”.

Mais recentemente, a ciência catalogou uma espécie de carnívora que possui folha pegajosa abaixo do solo. Assim, consegue capturar germes! Chamada de Philcoxia minensis, pode ser observada no Cerrado brasileiro.

A planta carnívora, diferente do que é mostrado nos filmes, não é sempre gigantesca. A maioria delas possui média de 15 centímetros de altura. Em alguns casos, chegam a ter mais de metro. Como são menores, dão preferência às presas inseridas no universo dos insetos. Daí alguns pesquisadores até chamarem esse tipo de espécie de insectívora. As chamadas de Nepenthes são maiores e podem capturar animais de maior porte. Mas, não há condições de se alimentarem de pessoas.

E você, o que acha desse tipo de espécie? Será que já esteve próximo de uma planta carnívora?

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados