Colégio Web

Ator

Publicidade

A profissão de ator consiste em interpretar, com o que se convencionou chamar de “verdade” e autenticidade, dando corpo aos dramas e emoções humanas, sejam alegrias, tristezas, e outros elementos. Tudo isso executado em meios como a TV, o cinema, o teatro, circo e outros.

Nesse caso, como a matéria-prima do ator é a emoção – ou a manifestação da mesma – o profissional da área deve ser sensível ao mundo ao redor e às situações que observa; deve ter preparo físico e apreciar ler; além de ter muita curiosidade, porque estará em constante aprendizado, sobre os personagens que viverá.

Alguém disso são consideradas boas habilidades para tais pessoas:

  • Voz bem preparada;
  • Boa memória;
  • Comunicabilidade;
  • Capacidade de trabalhar em grupo;
  • Habilidade de improvisação;
  • Determinação;
  • Disciplina, entre outros.

A formação exigida para a profissão foi estabelecida, conforme termos da Lei n°6.533, de 24 de Maio de 1978, que define os termos para a obtenção de Registro Profissional. Pode-se passar por um curso profissionalizante, que pode ter, desde 12 meses até 30 meses de duração, com montagens, e/ou práticas de gravação. Esse material é levado ao Sindicato da classe e o Registro na Delegacia Regional do Trabalho é concedido. Outros casos, mais específicos, são de pessoas que têm experiência e recebem autorização especial do sindicato para atuar como profissionais, mesmo não obtendo a formação técnica. No caso de dublês, há um treinamento e cursos específicos.

Ator

Entre as formas de se conseguir entrar no mercado de trabalho, há, dentre outras, as seguintes alternativas:

  • Comunicação com diretores, produtores de elenco ou agentes de atores;
  • Leitura pública de textos teatrais, cinematográficos ou teledramatúrgicos;
  • Produção de trabalhos próprios;
  • Figuração, entre outros.

As atividades principais relativas ao cotidiano da profissão são:

  • Pesquisas – ou laboratório – para construção de personagens;
  • Memorização e estudo de texto e de falas;
  • Participação em ensaios;
  • Prática, em teatros, estúdios, entre outros.

Um ator, se tiver formação, poderá atuar em diversas áreas, tais como:

  • Publicidade;
  • Direção teatral;
  • Autor de dramaturgia;
  • Dublagem;
  • Ensinagem;
  • Produção;
  • Crítica de espetáculos, filmes e programas de TV.

Mercado para Atores

Em termos de mercado, o dos atores é um pouco competitivo e fechado, mas há possibilidades de colocação. Um detalhe é que é o tipo de profissão restrita ao setor privado. Não há concursos públicos para que se atue – embora haja seleções públicas para professores de artes e teatro, outra opção para atores. Na TV, com o aumento de produções, o mercado tem se aberto para mais vagas de trabalho; o cinema também experiencia grande crescimento, então absorve muitos nomes da área, sempre lembrando que, além de atores, empregam-se muitos outros profissionais em uma produção, afinal os postos técnicos são muitos e necessitam de trabalho especializado.

Para maiores informações sobre documentos específicos para a obtenção do registro profissional, cursos credenciados junto ao Sindicato, entre outros, sugerimos que sejam procurados os Sindicatos dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões (SATED) em cada Estado do país, incluindo o Distrito Federal.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados