Colégio Web

Por que os jovens estão tendo mais AVC?

Muitos fatores de risco comum em idosos são cada vez mais comuns nos mais jovens.

Publicidade

O AVC, ou Acidente Vascular Cerebral, é a principal causa de mortalidade no Brasil, e inclusive sempre esteve relacionado as pessoas de maior idade. Além disto, de fato, o envelhecimento se torna um fator de risco não modificável e mais importante para o AVC. Mas por qual motivo, as pessoas mais jovens vêm passando por situações de AVC?

Por que os jovens estão tendo mais AVC?

Quais são as principais causas do AVC?

Nas pessoas mais jovens, o AVC, não ocorre pelos mesmos fatores que o AVC convencional dos idosos. Nas pessoas mais velhas, a hipertensão, o diabetes, o tabagismo e o colesterol alto, além de problemas de coração são os fatores de risco para este tipo de problema. Agora, nos jovens, são muitas as doenças que podem acontecer, inclusive raras, que aparecem como uma possível situação para o AVC, entre elas podemos citar as vasculites como o Lupus, as trombofilias e infecções. Desta forma a pesquisa para as possíveis situações de um AVC nos jovens e nos idosos é muito diferente.

Os jovens obesos, hipertensos e com colesterol alto, que possuem fatores de risco convencionais cada vez mais possuem a possibilidade de passar por um AVC. E se somando a isto podemos citar uma maior facilidade de identificar casos atualmente, em especial com técnicas melhores de imagem por exemplo.

Quais são os sintomas e sequelas do AVC?

Por que os jovens estão tendo mais AVC?

Falando sobre sintomas e sequelas de um AVC, não se pode diferenciar um AVC em jovens de outro nos idosos, ou seja, um tipo de artérias que se entope dentro do cérebro jovem, também pode ocorrer em um cérebro de idosos, as sequelas do problema são as mesmas. A maior diferença está na causa do entupimento.

Com relação a recuperação que ocorre após o AVC, se sabe que quanto mais jovem for o cérebro, mais fácil será a chance de sua recuperação. No caso de lesões extensas, em áreas consideradas eloquentes em um idoso, esta jamais poderá apresentar uma recuperação, agora, no caso de um cérebro jovem isto pode se reverter de forma parcial.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados