Colégio Web

4 fatores para ajudar a conquistar o sonhado emprego em uma grande empresa

Conheça as dicas e ferramentas necessárias para melhorar suas chances de colocação em grandes corporações

Publicidade

Um emprego em uma empresa grande é garantia de muito trabalho e busca por resultados, mas também a possibilidade se destacar, ter um plano de carreira e ser bem remunerado por esse esforço. Não é à toa a aura que as multinacionais ainda têm no mercado de trabalho, fazendo processos seletivos com milhares de pessoas na disputa por algumas vagas.

Mas como fazer para se diferenciar nesses processos e conseguir essa vaga para provar todo seu potencial? Claro que não há fórmula mágica e cada caso é um caso, mas cabe ao candidato ter todas as ferramentas necessárias para melhorar suas chances e ser melhor visto.

Abaixo nós vamos citar quatro fatores para ajudar a conquistar o sonhado emprego em uma grande empresa reconhecida no mundo todo e assim começar uma trajetória profissional brilhante.

Você não tem como garantir um bom emprego, mas pode ter as ferramentas necessárias para melhorar suas chances

Entender o valor da educação

Não é só ter um diploma em um curso difícil. Ou então ter frequentado os corredores de uma instituição de ensino de nome. São inúmeros os casos de empreendedores e até executivos de carreira que não fizeram cursos considerados de ponta ou têm um diploma de uma faculdade cinco estrelas. E mesmo assim eles têm sua qualidade mais do que comprovada. O vital no caso da educação é entender a importância dela.

Explicamos: a educação não acaba com o diploma da graduação ou então completar um MBA, já que seu aprendizado precisa ser constante e a educação continuada. Não só em sala de aula, que é muito importante, mas também com seus colegas de trabalho, ou com conteúdo presente em livros, apostilas, vídeos, filmes, séries e as experiências que a vida traz.

Grandes nomes do mundo dos negócios, como Warren Buffett e Bill Gates, já revelaram que eles separam parte de seu tempo para ler livros, um hábito que nunca pode ser deixado de lado, independente de sua quantidade de trabalho e pressões. Inclusive, segundo o próprio Gates, seu curso favorito de todos os tempos não foi algum de programação, negócios ou tecnologia e sim “Big History”, um curso online gratuito de história que começa no Big Bang.

Uma pessoa que valoriza a educação em vez de apenas buscar um resultado a partir de um papel estará mais pronto para encarar os desafios e constantemente se reinventar. E isso ficará claro em todos seus aspectos profissionais, seja nas escolhas de carreira ou até em uma entrevista de emprego. Isso ficará claro para o entrevistador no processo seletivo.

Você verá que os pontos abaixo estarão mais ou menos relacionados com saber o valor da educação.

A busca por uma colocação numa grande organização

Saber dois ou mais idiomas

Parece até que é chover no molhado, mas não é. No Brasil apenas 5% da população é fluente em um segundo idioma e apenas 3% é fluente em inglês. É praticamente impossível que uma grande empresa não coloque o inglês e talvez também o espanhol como condições básicas e é sua obrigação correr atrás desse conhecimento.

Não só porque ele será necessário, já que o mundo está cada vez mais conectado, mas também porque saber inglês é valorizado financeiramente pelas empresas. E hoje todas as desculpas que colariam alguns anos atrás já não funcionam mais. Aplicativos como a Babbel permitem o estudo de inglês em qualquer lugar e de forma acessível, inclusive podendo fazer um exame de certificação com o selo da prestigiada Universidade de Cambridge.

Vivência internacional

Cada vez mais surgem programas de intercâmbio para alunos de ensino médio e as instituições de ensino no Brasil aumentaram a procura por parcerias com universidades de fora. As razões são óbvias: conhecer outra cultura, aprender uma língua, lidar com a diversidade de pensamento e aprender a se virar são importantes não só para a vida profissional, mas também pessoal. E as empresas estão colocando um peso em intercâmbios e a vida no estrangeiro ao escolher profissionais.

Saber mais de 1 idioma é peça fundamental no processo

Investir em versatilidade

O termo “profissão do futuro” é velho, mas ainda se mantém relevante, porque cada vez mais rápido estamos criando novos cargos, devido às mudanças nas tecnologias e os meios de produção. E é preciso pessoas especializadas a cargo dessas funções inovadoras.

Voltando ao ponto um, não adianta nada ter um diploma brilhante de uma faculdade incrível e parar no tempo enquanto sua empresa grande está se redesenhando e reposicionando à todo momento. Saber ser versátil, aliando o lado do gestor com a importância do conhecimento técnico farão você não só ser valorizado em um processo seletivo, mas também se manter dentro da empresa e crescer nela.

Então ao escolher o MBA, cursos de extensão ou a distância ou simples cursos na internet, sempre busque os que vão diferenciar seu currículo e trazer novos conhecimento, saindo da zona de conforto e se possível ligado a tecnologia, como análise de Big Data. As grandes empresas valorizam muito o chamado profissional completo e antenado.

Então, será que você tem o perfil para trabalhar numa empresa multinacional?


Artigo escrito por Luana Biral – Graduada em Direito, luto pelos direitos humanos, feminismo e igualdade racial. Hobby: Literatura, fotografia e conteúdo web.

Fontes: Exame, Catraca Livre

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados