Martin Luther King

Publicidade

“Eu tenho um sonho. O sonho de ver meus filhos julgados pelo caráter, e não pela cor da pele.”

Martin Luther King, Jr nasceu no dia 15 de Janeiro em Atlanta, filho e neto de pastores protestantes batista, ele lutava pelos direitos iguais entre negros e brancos. Era formado em teologia pelo Seminário Teológico Crozer e doutor em filosofia pela Universidade de Boston.

Em 1954 começou as atividades como Pastor em Montgomery, quando se envolveu em um incidente em que Rosa Parks, se recusou a ceder um lugar a um branco em um ônibus, a partir deste conhecimento ele liderou um boicote contra a segregação racial, que durou quase um ano, o pastor chegou a ser preso, mas enfim conseguiu o fim da segregação racial em transporte público, decidido pela Suprema Corte.

Tornou-se presidente da Conferência da Liderança Cristã do Sul em 1957, atuando como defensor dos direitos civis, pacificamente. Dois anos depois voltou para sua cidade para se tornar vice-pastor da igreja onde seu pai congregava. Mas, sempre participando de protestos, marchas, tudo para garantir o direito dos civis dos negros, sofreu tortura e foi preso várias vezes para garantir esses direitos.

Mais tarde em 1963, em Washington, Luther King conseguiu mais 200.00 (duzentas mil) pessoas para protestar contra a segregação Racial. A partir disto, algumas leis surgiram como a lei dos Direitos Civis de 1964 e a lei dos Direitos de Voto de 1965.

Depois de fazer tanto pelos negros, Luther King recebeu em 1964 o Prêmio Nobel da Paz. Se uniu aos movimentos da Guerra do Vietnã.

Em Abril de 1968 foi assassinado a tiros num hotel da cidade de Memphis.