Digite o que você quer buscar:  
Home » Trabalhos Escolares » Literatura » Parnasianismo » Aspectos Gerais do Parnasianismo
01/06/2012 11:02

Aspectos Gerais do Parnasianismo

Aumentar fontes para melhor leitura Diminuir fontes para melhor leitura

Parnasianismo

1. ASPECTOS GERAIS

CRONOLOGIA – Cronologicamente, o Parnasianismo durou no Brasil de 1880 a 1893. A influência do movimento, entretanto, estendeu-se até a primeira década do século XX.

INÍCIO NO BRASIL – As primeiras obras do Parnasianismo brasileiro foram:

a) Sonetos e Rimas (poesias, 1880), de Luís Guimarães Júnior.

b) Fanfarras (poesias, 1882), de Teófilo Dias.

POESIA REALISTA – A denominação “poesia realista” não vingou. Por influência européia, dá-se o nome Parnasianismo à produção poética do Realismo-Naturalismo.

OPOSIÇÃO AO ROMANTISMO – As manifestações poéticas durante a vigência do Realismo-Naturalismo opunham-se radicalmente ao Romantismo.

ORIGEM – O movimento parnasiano surgiu na França, com a publicação de uma séria de antologias denominada Parnaso Contemporâneo. Por meio delas, pregava-se um modo novo de fazer poemas: sem a emoção e o subjetivismo da época romântica.

ORIGEM DO NOME – O nome Parnasianismo foi inspirado na mitologia grega. Parnaso era o monte consagrado a Apolo (o deus da beleza) e às musas (divindades inspiradoras da poesia).

CULTURA GREGA – Tomando a cultura grega como modelo, os parnasianos retornavam à época clássica. Fugiam, assim, da influência romântica e adotavam uma linguagem menos brasileira, com gosto por termos rebuscados e eruditos.

INFLUÊNCIA DURADOURA – A poesia com gosto refinado, mostrando perfeição, agradou o público leitor brasileiro da época. Prova disso é a extensão da influência parnasiana: não desapareceu nem com as primeiras manifestações modernistas.

2. CARACTERÍSTICAS DO PARNASIANISMO

ARTE PELA ARTE – É a arte pelo simples prazer de fazer arte, sem a influência dos sentimentos, das emoções.

PERFEIÇÃO FORMAL – O poeta busca, a qualquer custo, a perfeição exterior dos poemas. Passam a ter valor os seguintes aspectos:

a) rimas ricas e raras;

b) vocabulário erudito, às vezes técnico- científico;

c) composição de soneto (2 quartetos e 2 tercetos);

d) clareza e lógica;

e) poesia descritiva;

f) ausência de emoção.





Você também vai querer ler...

Comente!

Que tal ajudar?

Ajudamos milhões de estudantes todos os meses, levando conteúdo educacional, de graça. Faça uma doação e ajude a manter o projeto. Clique no botão ao lado.