Digite o que você quer buscar:  
Home » Trabalhos Escolares » Biografias » Letra W » Wolfgang Pauli
01/06/2012 11:58

Wolfgang Pauli

Aumentar fontes para melhor leitura Diminuir fontes para melhor leitura

(1900 - 1958)
Físico austríaco nascido em Viena, naturalizado americano (1946), que desenvolveu pesquisas que levaram à descoberta do neutrino e à teoria quântica dos campos e considerado o mais brilhante físico teórico do século XX. Seu pai, também chamado Wolfgang, foi um ilustre sábio e professor de química na Universidade de Viena. Considerado um gênio matemático, foi capaz de compreender teoria geral da relatividade de Einstein, um trabalho que lhe inspirou a fascinação pela física teórica. Na Universidade de Munique, na Alemanha, estudou com Arnold Sommerfeld, seu primeiro professor de física teórica. Após receber seu grau de doutor (1921), apresentando a teoria quântica do átomo, uma revolucionária teoria de que átomos não eram compostos de matéria sólida e, sim, pacotes de energia constituídos por um núcleo e elétrons orbitantes, foi nomeado professor da Universidade de Hamburgo (1923), onde continuou suas pesquisas. Propôs (1924) que um quarto número quântico, com os valores +1/2 ou -1/2, era necessário para especificar os estados de energia do elétron. Verificando que os dois valores representavam as duas direções possíveis para o spin dos férmions, expôs, então seu princípio de exclusão, segundo o qual, num átomo, dois elétrons não podem ter a mesma energia (1925), introduzindo seu Princípio de exclusão, base da interpretação da valência e da impenetrabilidade da matéria. Nomeado professor do Instituto Federal de Tecnologia de Zurique, Suíça (1928), transformou-o num grande centro de pesquisa. Ante a iminência da segunda guerra mundial, emigrou para os Estados Unidos (1939), onde lecionou física teórica nas universidades de Princeton, Michigan e Purdue (1940-1946). Ganhou o Prêmio Nobel de Física (1945) pelo descobrimento do Princípio de exclusão de Pauli, sobre fissão atômica, enunciado vinte anos antes, e no ano seguinte, naturalizou-se americano, mas voltou para Zurique, onde ficou até sua morte.





Você também vai querer ler...

Comente!

Que tal ajudar?

Ajudamos milhões de estudantes todos os meses, levando conteúdo educacional, de graça. Faça uma doação e ajude a manter o projeto. Clique no botão ao lado.