Colégio Web

Obesidade

Publicidade

Obesidade é uma doença caracterizada pelo excesso de peso, causado por um grande acúmulo de gordura corporal.

O motivo da obesidade envolve vários fatores, que podem agir sozinhos ou em conjunto. Dentre eles, os mais comuns são: à ingestão aumentada de calorias, falta de exercício físico, idade, fatores genéticos e emocionais, ansiedade, nervosismo, etc.

A fase da adolescência é responsável pelas mudanças no corpo, nela se observa o crescimento acompanhado pelo aumento da estatura e muitas vezes pela diminuição de peso corpóreo. Contudo, com o aumento da idade, se apresenta a diminuição calórica do individuo, pois se observa a diminuição de exercício físico e também a alteração na composição corporal, caracterizada pela diminuição quantitativa de músculos e consequentemente o aumento do tecido gorduroso.

Causas da obesidade

A obesidade geralmente surge no organismo de uma pessoa quando a quantidade de gordura ingerida é maior que as gorduras queimadas. Isso acontece por vários motivos e às vezes algumas delas nem estão ligadas a alimentação, por isso, as causas da obesidade são diversas e incluem fatores genéticos, psicológicos, ambientais e até mesmo sociais. Ela não é hereditária, não é porque você tem um familiar que sofre com a obesidade, que você também será obeso. Entretanto, a convivência com esta pessoa, possibilita a adoção do mesmo hábito alimentar irregular, uma vez que o ambiente se torna propício.

O ambiente social é um dos fatores de grade influencia para o surgimento da obesidade em seu organismo, isto é, deve se evitar as mudanças radicais de alimentos. Primeiramente é necessário escolher refeições de acordo com o seu organismo e reconhecer quando estiver sendo influenciado pelo ambiente por fazer uma má alimentação, por exemplo, aromas convidativos de fast foods, restaurantes, praças de alimentação, etc. É necessário combinar todos esses cuidados com um exercício físico regular e para controlar tudo isso é indispensável fazer um registro de tudo que está sendo realizado. Por isso, se a pessoa adotar o mesmo estilo de vida de alguém que sofre com a obesidade, corre o risco de se tornar obeso. Alguns estudos se referem à genética como uma causa da obesidade, mas nunca nenhum desses estudos foi comprovado cientificamente, até tendo casos reais, com isso não se pode considerar uma das causas da obesidade.

Muitas pessoas recorrem à comida como fuga para certas emoções sentidas no momento e, algumas delas, apresentam um peso “a mais”, que pode desencadear problemas psicológicos. Muitas vezes, essas ações são afrontadas de forma natural e só são consideradas quando a pessoa não consegue controlar mais seus atos, e a ingestão de alimentos se torna compulsiva.

Existem doenças relacionadas a hormônios que se não tratadas, podem levar ao aumento de peso, como o hipotireoidismo (funcionamento da glândula tireóide) que necessita de menos calorias, devido à redução do metabolismo.

Cada ser é único e tem um tipo diferente de reação para os sintomas. Por isso, é preciso ficar atento tanto ao ganho excessivo de peso, como ao emagrecimento demasiado. Em qualquer um dos casos é primordial procurar um médico para que seja feito um diagnostico e passado um tratamento de acordo com a necessidade.

Quer saber se você está em algum grau de obesidade?

Siga o exemplo abaixo para calcular seu Índice de Massa Corpórea (IMC):

A tabela abaixo é explicativa e ajuda a perceber os resultados da equação feita acima:

  • Abaixo de 18,5 = Você está abaixo do peso ideal
  • Entre 18,5 e 24,9 = Parabéns — você está em seu peso normal!
  • Entre 25,0 e 29,9 = Você está acima de seu peso (sobrepeso)
  • Entre 30,0 e 34,9 = Obesidade grau I
  • Entre 35,0 e 39,9 = Obesidade grau II
  • 40,0 e acima = Obesidade grau III

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados