Colégio Web

Ministério da Saúde lança sistema para monitorar transfusões de sangue

Publicidade

O Ministério da Saúde está cada vez mais trabalhando para se modernizar, e com isto, diversos sistemas estão sendo melhorados, sempre com a preocupação de atender melhor à população brasileira.

Seguindo esta linha, foi lançado um sistema moderno para monitorar as transfusões de sangue que pretende, melhorar a forma como são feitos os procedimentos, entre outras coisas.

Sistema

O Ministério da Saúde, por meio de comunicado oficial feito no último dia 31 de março pelo Ministro responsável pela pasta, Arthur Chioro lançou o Sistema Hemovida Web – Módulo Transfusional.

Este sistema, que tem como principal função monitorar as transfusões de sangue feitas nos hospitais do país, foi desenvolvido e produzido pelo Datasus, e deverá dar maior agilidade aos procedimentos e também à forma como são feitos rastreamentos de componentes do sangue dos pacientes.

Com este sistema, será possível fazer o rastreamento de componentes do sangue, tais como plaquetas, hemácias, plasma, entre outros, de modo bem mais simples e ágil, fazendo com que os dados recebidos pelas agências transfusionais atuais sejam mais facilmente acessados.

Ministério da Saúde sistema para monitorar transfusões de sangue

Disponibilidade

Segundo o anúncio de lançamento do Sistema Hemovida Web – Módulo Transfusional, a disponibilidade dele para a adesão dos gestores locais se deu a partir do próprio dia 31 de março de 2015.

Com grande expectativa de adesão por parte do Ministério da Saúde, há uma estimativa que indica que pelo menos 1.700 serviços da rede de homoterapia brasileira acabem fazendo uso do sistema de monitoramento lançado nesta semana.

Com isto, nada menos do que 70% do total da rede de homoterapia do país passaria a usar este moderno sistema de monitoramento de transfusão de sangue, o que deixaria todos os processos relacionados muito mais ágeis e simples.

O total de serviços da rede de homoterapia atual do Brasil gira em torno de 2.700 locais onde a coleta de sangue é feita, além de também serem locais onde a distribuição de componentes do sangue também é realizada.

Ministério da Saúde lança sistema para monitorar transfusões de sangue

Doar sangue

Apesar das muitas campanhas que vemos todos os anos para incentivar a doação de sangue, a verdade é que na maior parte dos casos, ela se dá de modo pontual, já que apenas 1,6% da população brasileira têm por hábito doar sangue regularmente.

Mas apesar de parecer baixo, este índice está dentro do que é recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que indica que ele deva ser de 1% a 3% da população de um país.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados