Colégio Web

Origem do PSDB

Um dos maiores partidos políticos brasileiros, o PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira) foi fundado em 25 de junho de 1988 por dissidentes do PMDB. Conheça-o!

Publicidade

Um dos maiores partidos políticos brasileiros, o PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira) foi fundado em 25 de junho de 1988 por dissidentes do PMDB (Partido do Movimento Democrático Brasileiro). Seu código eleitoral é o número 45.

Entre seus fundadores, estavam figuras proeminentes do cenário político do país, tais como Fernando Henrique Cardoso, que viria a ser eleito presidente do Brasil em 1994, Franco Montoro, José Serra e Mário Covas.

As principais lideranças eram oriundas de São Paulo e de Minas Gerais, mas participaram de sua fundação políticos de outros estados, como Alagoas, por exemplo.

Suas bandeiras partidárias, devido à grande variedade de pensamentos defendidos por seus fundadores, eram bem ecléticas (e ainda são), com forte influência dos trabalhistas, dos católicos personalistas e com sutis toques de socialismo e de comunismo.

PSDB

Hoje, o PSDB é um partido que se considera de como sendo de centro-esquerda. Fato corroborado pelos próprios analistas políticos, que também o sentenciam como sendo uma legenda de centro-esquerda. Porém, seus críticos, especialmente os adversários de partidos de esquerda, como o PT (atualmente seu maior rival no cenário nacional), chamam seus militantes de membros do “centrão”.

A controvérsia em torno da natureza política do partido se deve em muito às diferentes preferências políticas de seus fundadores. Por exemplo, o líder máximo do PSDB e atual presidente de honra Fernando Henrique Cardoso teve, em sua juventude, contato forte com grupos de estudos marxistas.

O próprio José Serra teve participação ativa em grupos estudantis durante a ditadura militar, sendo inclusive líder da UNE (União Nacional dos Estudantes).

A origem do partido faz referencia ao MDB (Movimento Democrático Brasileiro), sigla essa que ficou a cargo do PMDB que acabou por dar origem ao PSDB, graças aos seus dissidentes. A ideia sempre foi a de representar e propagar a social democracia no Brasil.

Serra AécioEm um documento famoso, elaborado por Fernando Henrique Cardoso em 1990, é dito que o programa do PSDB procura defender de modo intransigente a Democracia, descentralizar a política e a administração, colocar o Estado (governo) a serviço da população, e não de grupos privilegiados, favorecer o crescimento econômico sustentável com maior distribuição de renda, universalizar a educação básica de qualidade e realizar uma reforma política que torne os partidos mais fortes e aproxime o parlamentar de seus eleitores.

O partido chegou ao ápice nas duas eleições presidenciais de 1994 e de 1998, onde Fernando Henrique se elegeu presidente da república nas duas ocasiões. Em sua conta, pode-se colocar a estabilidade econômica, com a diminuição dos índices de inflação e com o fortalecimento da moeda nacional frente ao dólar com a criação do Real.

Desde aquela época, já se desenhava uma rivalidade que polarizaria as eleições nacionais desde então: a rivalidade com o Partido dos Trabalhadores. Nessa disputa, no âmbito nacional, o PSDB levou a melhor em duas ocasiões (1994 e 1998), sendo que o PT venceu em três oportunidades (2002, 2006 e 2010), elegendo Lula por duas vezes e na atual elegendo Dilma Rousseff.

Para a próxima eleição, ainda não há consenso sobre qual será o candidato do partido para a presidência da república. 2 nomes circulam com força, o mineiro Aécio Neves e o paulista José Serra, sendo que o primeiro tem mais força. Vale observar.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados