Colégio Web

Entenda a Teoria da Dependência segundo FHC

Publicidade

Atualmente considerado como um ícone do neoliberalismo dentro da política brasileira, o ex-presidente e sociólogo brasileiro Fernando Henrique Cardoso tem suas origens mais ligadas à esquerda do que imaginam seus críticos atuais.

E um bom exemplo disto é a Teoria da Dependência, que teve em Fernando Henrique Cardoso um de seus mais fervorosos defensores e estudiosos, com diversos artigos e textos publicados sobre o tema.

Portanto, é fundamental para que as pessoas conheçam melhor as origens do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que elas comecem a entender um pouco da visão dele em relação a temas como a Teoria da Dependência. Vamos ver!

O que é?

FHC

Antes de procurar entender a Teoria da Dependência segundo FHC, vamos procurar entender o que de fato ela vem a ser, para que tudo fique muito mais claro e para que o pensamento do ex-presidente venha à tona.

A Teoria da Dependência nada mais é do que uma formulação teórica que foi desenvolvida por alguns intelectuais do mais alto gabarito, tais com André Gunder Frank, Ruy Mauro Marini e Vania Bambirra.

A Teoria da Dependência é baseada na leitura crítica e marxista de processos de reprodução de subdesenvolvimento observados na chamada periferia do capitalismo mundial.

Esta teoria foi apresentada e defendida como uma espécie de contraposição à visão tradicionalmente defendida por movimentos marxistas mais ortodoxos, especialmente por partidos comunistas.

A ligação com FHC

Teoria da Dependência

A Teoria da Dependência encontrou eco nos escritos de Fernando Henrique Cardoso, que em muitas de suas obras, sempre defendeu que a visão proposta por ela era realmente a mais próxima da realidade do mundo capitalista.

Em sua obra “Dependência e Desenvolvimento na América Latina”, que escreveu em parceria com Enzo Falleto, no ano de 1967, o sociólogo Fernando Henrique Cardoso simplesmente lançou luz para a importância dos fatores internos para levar à compreensão dos processos estruturais de dependência.

Com sua visão, Fernando Henrique Cardoso conseguiu defender a ideia de que a Teoria da Dependência poderia estar certa em alguns pontos, bem como também estar errada em outros, colocando em perspectiva, por exemplo, as diferenças entre os países subdesenvolvidos e os diferentes modos pelos quais muitos acabaram se tornando mais ou menos desenvolvidos com o passar dos anos.

Para FHC, há uma série de fatores importantes e específicos que fazem com que um país subdesenvolvido seja mais ou menos dependente do sistema capitalismo como um todo, e a sua visão da Teoria da Dependência lança luz sobre estas diferenças.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados