Colégio Web

Como são formadas as bacias sedimentares?

Publicidade

Muito provavelmente você já deve ter escutado falar naquela velha e boa matéria sobre as bacias sedimentares nas aulas de geografia, não é? Mas, já deve também ter se esquecido do que são e ainda como elas são formadas.

Portanto, neste artigo, eu vou refrescar a sua memória, e mesmo para quem nunca ouviu falar sobre isso, prepare-se, pois, você vai terminar de ler este texto e ficar muito, mas muito bem informado. Confira!

O que são as bacias sedimentares?

Sedimentar Bacia

As bacias sedimentares constituem um elemento muito importante do relevo terrestre, porque elas são totalmente responsáveis por fundarem a maior fonte de informações sobre o passado da Terra, principalmente no que se diz respeito aos tipos de fauna e flora, além das demais constituições do relevo que já existiram aqui na nossa superfície.

Com isso, elas são grandes depressões que se encontram expostas na superfície  e que, com o tempo, foram sendo preenchidas por vários sedimentos, que são substâncias depositadas nestas depressões de três tipos principais diferentes de acordo com a sua devida origem. Daí então se dá o nome de bacia sedimentar.

Esses tipos são compostos de estruturas ou materiais de origem biológica como restos de animais, fragmentos de conchas, ossos, recifes de coral, entre outros. E ainda materiais depositados pelo efeito da erosão de áreas por volta da bacia pela ação do vento, água, geleiras ou rios.

Ainda de acordo com a origem dos sedimentos, é possível dividir as bacias sedimentares em até três tipos: aquelas que são formadas apenas pelos sedimentos do meio terrestre, as que são constituídas por sedimentos do meio marinho e a última são aquelas formadas por sedimentos de ambos os meios apresentados, o tipo mais comum existente no planeta.

Como elas são formadas

Bacia Sedimentar

As bacias sedimentares têm uma importância fundamental para o nosso planeta. Isso porque, elas podem levar até mesmo milhões de anos para se formarem e são as grandes responsáveis pela formação de petróleo e alguns tipos de fósseis no país.

Tudo funciona de uma maneira muito simples. Esses sedimentos se acumulam de forma lenta nas depressões dos oceanos. Assim, em alguns lugares, a pressão das águas dos mares possui uma força tão elevada sobre eles que é capaz de transformá-los em composições de rochas. Enquanto isso acontece, surgem então as novas camadas de sedimentos que são praticamente jogadas por cima desses locais formando, assim, muitas e muitas camadas dessas rochas sedimentares.

Além disso, quando há pressão e elevação das temperaturas (grande parte das vezes influenciada pelo aquecimento provocado pelas camadas mais baixas da Terra), a tendência é de que esses resíduos orgânicos passem por um processo chamado de litificação. Dessa forma, conforme as condições de armazenamento, todo esse material tem a capacidade de se acumular e acabar se transformando em petróleo.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados