Colégio Web

Você conhece o dia de Reis?

Publicidade

Comemorado no dia 6 de janeiro, o dia de Reis é celebrado no Brasil e em vários países do mundo. Mas o que o dia de Reis significa exatamente? Segundo a tradição e o texto bíblico de Mateus 2, foi o momento em que os Reis Magos viram a estrela de Belém que indicava que Jesus teria nascido há pouco. De acordo com o texto cristão, tendo Jesus nascido em Belém, no reinado do Rei Herodes, os Magos do Oriente chegaram a Jerusalém perguntando: “Onde está o Rei dos Judeus, recém-nascido? Vimos sua estrela e viemos adorá-lo”.

A definição de “Mago” era dada, entre os orientais, à classe dos sábios ou eruditos. Supõe-se que os reis fossem da Arábia, tendo em conta os presentes ofertados ao Menino, sendo: ouro, incenso e mirra, isto é, presentes que simbolizavam a realeza, a divindade e a imortalidade do novo Rei. Além disso, a Bíblia cita apenas como os `Magos vindos do Oriente” sem revelar a quantidade de visitantes.

Segundo a tradição, o grupo de Reis era composto por um negro, de origem africana, outro branco, natural da Europa e por um moreno, de origem da Assíria ou Persa, e representavam toda a humanidade conhecida daquela época. Em relação aos nomes, Beda, um cronista inglês que viveu entre 673 e 735 d.C., foi quem nomeou os magos de Gaspar, Melchior (ou Belchior) e Baltazar.

Dia de Reis

Festas pelo mundo

A Festa de Reis, ou Epifania, se tornou uma grande celebração, principalmente na igreja católica. Na Espanha, por exemplo, a Festa de Reis é celebrada com mais solenidade do que o Natal e tem até troca de presentes para marcar a data.

Já na Itália, a festa é de “Befana”, uma velha bruxinha boa que distribui presente para as crianças na data. No Natal, o país valoriza principalmente o idoso. Já na Europa, o dia é comemorado com um feriado.

No Brasil

Epifania

Apesar dos brasileiros não estarem tão ligados quanto os europeus à data, comunidades no interior promovem os chamados Reisados, ou Folias de Reis, festas folclóricas com influências europeias, mas que adotaram formas, cores e significados locais próprios do povo na expressão que virou parte de nossa cultura, como o envolvimento com música, dança, celebração religiosa e elementos específicos marcantes, dependendo da região do país.

Além disso, em algumas cidades o Reisado visita casas e o moradores devem oferecer comida aos integrantes, que realizam toda a performance de tradição folclórica-religiosa local, enaltecem o hospedeiro, agradecem pela comida e seguem para o próximo destino.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados