Colégio Web

Quando surgiu o Futebol de Botão?

Publicidade

 

1O futebol de botão foi criado por um brasileiro, no ano de 1930. Nesta época, o jogo era praticado com botões de roupas. Foi desenvolvido para ser praticado sobre uma mesa que tem aparência de um campo de futebol. Os botões fazem o papel dos jogadores que são movimentados através de uma palheta. Toda vez que o jogador for jogar a bola no gol, deverá avisar seu adversário para que ele posicione seu goleiro. No ano de 1988, o futebol de botão passou a ser uma modalidade esportiva.

Geraldo Cardoso Décourt, o criador da modalidade, inicialmente jogava com botões de madeira. Em seguida, passou a utilizar os plásticos. Desenvolveu o jogo como se fosse uma importante brincadeira para divertir a criançada. Não imaginava que ali estaria surgindo uma importante modalidade esportiva, que foi difundida e praticada em diversos países. Hoje, as regras e materiais da experiência brasileira atravessam as fronteiras e ganham adeptos em todo o mundo.

Décourt não se cansava de divulgar a modalidade e organizar eventos com a presença do futebol de mesa. Daí a sua grande popularização em tão pouco tempo. Regras foram sendo acrescentadas e o próprio material usado para executar o jogo que também foi se adequando. De 1930 a 1980 muitas mudanças foram implantadas.

Auxílio para diversas crianças

2Com o desenvolvimento do futebol de salão e sua fama em todo o mundo, até os famosos do Brasil passaram a fazer propaganda da modalidade. Marcas de botões, capas de relógio e vários outros objetos serviam de hábito para falar do esporte. Em 1950 foram produzidos botões industrializados, compostos por plásticos e com adesivos na região central. O escudo continha a face de importantes jogadores de futebol do Brasil. Já os botões de acrílico era usados em menor proporção.

Por meio da Resolução N.º 14, de 29 de setembro de 1988, de forma a acatar o Of. N.º 542/88 e o Processo N.º 23005.000885/87-18, baseado-se na Lei N.º 6.251, de 8 de outubro de 1975 e no Decreto N.º 80.228, de 25 de agosto de 1977, também foi assinada pelo Conselheiro-Presidente Manoel José Gomes Tubino, o CND (Conselho Nacional de Desportos) reconheceu o Futebol de Mesa como uma modalidade desportiva a ser liberada no Brasil, como uma vertente do esporte de salão, no qual já estão incluídos o xadrez e o bilhar. O Futebol de Mesa acontece em cinco modalidades; quatro oficiais (Disco, Bola 12 Toques, Bola 3 Toques e Dadinho) e uma experimental (Pastilha).

O uso dessa modalidade esportiva para crianças também é uma importante forma de incentivar a prática de esportes que tenham a ver com nossa nacionalidade. Além disso, o futebol de botão ajuda no desenvolvimento do raciocínio e também trabalha o aspecto corporal. Em tempos de tantas tecnologias e ferramentas mobiles, incentivar o uso de tal esporte é importante para que as crianças também se movimentem.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados