Colégio Web

Existe aluno burro?

Publicidade

É mais do que normal que alguns estudantes tenham mais dificuldade em acompanhar aulas ou tirem notas menores em provas e atividades em sala. O que infelizmente acontece é que muitos colegas e até mesmo pais costumam achar que a pessoa que não tem um desempenho tão bom é burra.

E é aí que fica a pergunta: existe aluno burro? E a resposta, por mais que possa surpreender algumas pessoas, é não. Não existe aluno burro. A dificuldade no aprendizado ou a falha nos rendimentos pode ser apenas uma questão de falta de dedicação e de empenho.

Está com problemas com um aluno que se diz burro? Confira abaixo dicas sobre o que realmente pode estar afetando o desempenho do estudante em classe.

aluno burro

Falta de dedicação

Se o aluno não estuda em casa, não se prepara para as provas, não toma notas em aula e não busca realmente saber sobre o assunto que aprende em aula, é mais do que natural que ele tire notas ruins. É claro que existem as exceções que, mesmo sem precisar reforçar o estudo em casa, conseguem tirar boas notas, mas esse não é o caso da maioria.

Caso você tenha um aluno em sala que cause problemas de rendimento, procure saber se ele faz as tarefas e se ele dedica um tempo do seu dia para rever o conteúdo aprendido. Caso o problema seja o seu filho, é importante acompanhar de perto o desenvolvimento dele dentro de casa e incentivar o estudo.

Existe aluno burro

Falta de atenção

Outro grande problema em alunos com baixo rendimento é a falta de atenção na sala de aula. Seja por desinteresse ou pela conversa excessiva com os amigos, a desatenção resulta em notas ruins e um estereótipo e uma classificação errada de burro. Para saber se o problema é a falta de atenção é preciso observar o comportamento do aluno em aula.

Repare se ele olha demais para os lados, se não acompanha a leitura ou se conversa demais. Caso o problema seja o seu filho, é importante marcar uma visita à escola e conversar com os professores das matérias em que o aluno tem baixo rendimento. Dessa maneira você terá uma ideia maior de qual é o problema que está causando notas baixas.

A grande verdade é que não existe aluno burro. O importante é prestar atenção no comportamento do aluno em questão e verificar o problema – que quase sempre é simples – em torno do baixo rendimento.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados