Colégio Web

Classificação dos alimentos

2Em um dia, diferentes tipos de alimentos são ingeridos por cada ser humano. Mas, será que a gente consegue ter a mínima noção do que estamos colocando pra dentro do nosso organismo? Geralmente essa noção mais detalhada acaba chegando quando decidimos fazer uma dieta. Nesse momento, procuramos um nutricionista e daí é que são apresentados as tais das diferentes classificações. A boa saúde envolve o conhecimento desses processos, pois a alimentação é a porta de entrada de várias doenças. Não se deve comer pouco. Deve-se comer de tudo um pouco. É assim que o corpo vai possuir uma maior diversidade nutritiva e acabará funcionando muito melhor.

Publicidade

A dieta diária envolve consumo de carboidratos, proteínas, pouca gordura, sais minerais e vitaminas. Todos esses nutrientes podem ser encontrados nos diferentes alimentos que ingerimos. Cada alimento possuirá doses diferenciadas de diferentes nutrientes.

Proteína: pode ser localizada em um cogumelo comestível, na carne, no ovo, no leite e em seus derivados (manteiga, coalhada, iogurte, queijo). Existem alimentos de origem vegetal que também possuirão altas doses de proteína. É o caso do feijão, arroz, milho, lentilha, grão-de-bico, amendoim, soja, nozes, amêndoas e castanha-do-pará. A proteína ajuda o corpo a crescer, manter-se resistente e renovado. Alimentos protéicos são considerados construtores ou plásticos.

Carboidrato e gordura: também conhecidos como lipídios. São alimentos que repõem energia. É a partir deles que o corpo vai adquirindo força para a realização das tarefas diárias. Os lipídios podem ser encontrados no pão, macarrão, vegetais, frutas, batata, mandioca, cereais, trigo, milho e até mesmo nos doces.

1Quando o indivíduo come mais carboidratos do que o corpo necessita, acaba surgindo o excesso de peso. Justamente porque não há espaço para guardar as sobras de toda essa energia. Ela acaba sendo distribuída, em forma de gordura, para a barriga, braços e bumbum. É por conta dessa sobra que torna-se imprescindível a prática da atividade física em qualquer pessoa, mesmo as pessoas mais magras. De outro modo, quando o corpo não possui carboidratos para que ocorra a retirada de energia, ele utiliza a gordura dos alimentos. Pode ser na carne conhecida como cupim, nos ovos, manteiga, margarinas e outros alimentos que terão doses elevadas de gordura. O excesso dessa substância no organismo pode gerar diversos problemas de saúde. Apesar de deliciosos, alguns alimentos gordurosos são altamente prejudiciais.

Minerais e vitaminas: são os alimentos reguladores que vão facilitar para que o corpo esteja prevenido de doenças. Eles agem no bom funcionamento do organismo. Os sais minerais estão bem concentrados na água e em alguns alimentos de origem vegetal e animal. Neles também é possível encontrar boas doses de vitaminas. Como é o caso da carne, ovos, queijo, leite, vegetais (manga, uva, laranja, maçã, melancia, acerola, espinafre, agrião, beterraba, cenoura, pepino, berinjela, tomate, feijão, lentilha, arroz, etc.) e azeite.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados