Colégio Web

Televisão no Brasil

O marco inicial da televisão no Brasil remonta a 18 de setembro de 1950, quando ocorreu a primeira transmissão em nossa terra. E, como sabemos, a televisão é um dos meios de comunicação que muito mexe com a sociedade dada a sua rapidez e eficácia na transmissão de dados e informações.
As primeiros transmissões televisivas no circuito mundial foram inauguradas em 26 de fevereiro de 1926. O pioneiro nesses estudos foi o escocês John Logie Baird. Ele é considerado o pai da televisão. E no Brasil, como ela chegou? Aqui, a televisão chegou em 18 de setembro de 1950, quando tivemos a inauguração da 1ª emissora conhecida como TV Tupi ( transmitida pelo canal 4).

Publicidade

No ano seguinte, ao longo do mês de janeiro, os aparelhos de televisão brasileiros passaram a ser desenvolvidos por Bernardo Kocubej, que era dono da Indústria e Comércio de Rádios Invictus. Esses primeiros televisores obviamente transmitiam toda a programação em preto e branco.

Do ponto de vista da legislação, tivemos um avanço nas leis brasileiras apenas no ano de 1962 quando foi implantado o Código Brasileiro de Telecomunicações (lei no 4.117, de 27/8/1962). Também em 1962 passou a ser obrigatória a dublagem de todo tipo de filme exibido na televisão nacional. Somente em março de 1972, ou seja 10 anos depois, tivemos a primeira transmissão colorida da televisão brasileira.

Televisão Digital

Nos tempos atuais, a nossa maior novidade da área é a chegada das transmissões digitais. Com isso, melhorou-se a qualidade de imagem e som da programação. A estreia da TV Digital no Brasil foi às 20:30 do dia 2 de dezembro de 2007, na cidade de São Paulo. Antes, um período de testes ao longo de seis meses. Todas as atuais emissoras que operam no Brasil já estão transmitindo no formato digital.

Com o surgimento das novas mídias e formatos de comunicação, muitos especialistas acreditam que a televisão perderá o seu espaço. Você concorda? Outros especialistas entretanto alegam que a própria televisão vai buscar meios de também se adequar a esses novos meios advindos da revolução tecnológica. O fato é que mesmo com as pessoas passando tempo na comunicação mobile e tão envolvidas com o uso do celular, os aparelhos televisores continuam em suas casas.

A disputa pela audiência em meio a cenários tão incertos como os atuais também acaba sendo um motivo de vários debates no meio televisivo. Afinal de contas, qual seria o limite para o produto final que chegam aos telespectadores brasileiros?

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados