Colégio Web

Sergipe

Publicidade

Sergipe traz aos turistas uma grande diversidade de modernidade, natureza, história, culinária e excelentes equipamentos turísticos, a começar por Aracaju, a capital, uma das mais belas do Nordeste.

No roteiro estão, também, belezas como o Pantanal de Pacatuba, com sua biodiversidade incomparável; a beleza do encontro das águas no “Cabeço”; Pirambu, com suas belas praias e manguezais nativos, a Reserva de Santa Isabel – área de preservação ambiental – e o Projeto Tamar, no Litoral Norte.

Mas as surpresas não param por ai: Vale conhecer o Canyon de Xingó, impressionante muralha encravada no meio do Sertão Sergipano com seu lago e escarpas; as cidades de São Cristóvão – a quarta cidade mais antiga do Brasil -, e Laranjeiras – um verdadeiro museu a céu aberto da época da escravidão e do ciclo da cana-de-açúcar -, e as dunas e praias do Litoral Sul, portão de entrada para Mangue Seco, a “Terra de Tieta”.

Economia

Durante muitos séculos a economia de Sergipe acabou sendo exclusiva dos lucros com a cana-de-açúcar. Foi a partir da década de 1990 que as atividades econômicas começaram a ser diversificadas.  Até mesmo as políticas de incentivos fiscais passaram por mudanças e a política energética começou a ter mais força com a construção da usina de Xingó. O petróleo e o gás natural foram, assim, importantes elementos para que a produção industrial avançasse.

Sergipe é o menor estado do Brasil, fica localizado na Região Nordeste, tem como capital a cidade de Aracaju, com população estimada em 571.149 habitantes. A área total do estado é de 21.918,354 km2, com um total de 75 municípios, que juntos remontam, conforme contagem populacional realizada em 2010 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 2.068.017 habitantes. Quem nasce em Sergipe é chamado de sergipano.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados