Colégio Web

Professor

Publicidade

É muito comum as pessoas dizerem que para um país evoluir é necessário que a população seja inteligente, bem educada e conscienciosa. Por isso, a grande aposta de todos é a escola, já que é nela que há maior interação social e onde as crianças aprendem grande parte dos valores que levam para a vida.

E nesta longa caminhada que o aluno percorre ao longo do ciclo de ensino, o Professor é o profissional que está sempre presente para ensinar e dar suporte sempre que a pessoa precisa. Vemos este profissional tantas vezes durante as semanas e meses, que eles acabam se tornando parte importante de nossas vidas.

Para eles, não é diferente. Os professores amam os alunos, dizendo, até mesmo, que são como filhos para eles. Por isso, esta carreira é diferenciada, pois quem trabalha nela o faz com amor.

Como se tornar um ótimo professor?

Professor

No Brasil, a carreira de professor é muito desvalorizada. O Governo não se importa com estes profissionais tão importantes, dando baixos salários e condições ruins de trabalho. Por isso, ao seguir esta profissão, tudo deve ser feito com muito prazer, pois se for pelo dinheiro, é muito complicado.

Além disso, para conseguir se destacar, é importante escolher uma área que gosta e continuar sempre estudando. Graduação, Pós-Graduação, Mestrado, Doutorado… E por aí vai! Não pode parar nunca, pois os conhecimentos estão sempre mudando.

Veja nossas 3 dicas para que você se torne um professor exemplar!

1# – Ter paciência e humildade

Lidar com pessoas não é fácil. Isso fica pior ainda quando estas pessoas são crianças ou adolescentes rebeldes e mal-educados. Por isso, ter paciência é essencial, pois um professor não pode xingar ou agredir seus alunos; é necessário, realmente se controlar bastante.

Também é bom ter em mente que haverá momentos que você vai errar. Dizer algo que não é verdade, confundir informações ou ser complementado pelo aluno. Nestes casos, é muito importante que você tenha humildade para aceitar os erros e a correção dos alunos!

2# – Praticar a empatia

Um professor frio é um professor ruim. Não tem jeito: empatia é primordial para uma boa relação professor-aluno. Nem todo mundo está no seu melhor dia, todos têm problemas familiares e sempre há algum imprevisto. Não adianta ser rude ou grosso, pois isso não muda nada e ainda enfraquece o laço entre o professor e seus alunos.

Então, sempre que puder, coloque-se no lugar do aluno: “Por que ele está tendo dificuldades? Será que os atrasos são realmente por preguiça? O que ele enxerga de diferente nas minhas aulas?”. Sempre que possível, treine isso, pois assim ficará intuitivo.

3# – Dar o máximo de si

Por fim, um professor tem 2 férias por ano, acumulando quase três meses, mas não é à toa. A profissão é estressante, pois os bons profissionais dão o máximo de si diariamente. Eles ensinam a mesma matéria dezenas de vezes, corrigem centenas de trabalhos e têm que lidar com centenas de alunos distintos.

Se você quer se destacar, dê o máximo de si. É muito importante para sempre crescer e chegar em casa com o pensamento de trabalho cumprido.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados