Colégio Web

Affonso Celso de Assis Figueiredo Júnior

Publicidade

Político, professor, historiador e escritor brasileiro, nascido em Ouro Preto, MG, que com a autoria do famoso livro Por que me ufano de meu país (1900), editado e traduzido por décadas, lançou o neologismo ufanismo e uma espécie de culto de amor à pátria, o que provocou grande celeuma. Com o título papal de conde, doutorou-se pela Faculdade de Direito de São Paulo, e aos 21 anos foi eleito deputado federal por Minas Gerais.

Participou ativamente das campanhas abolicionista e republicana, mas, solidário com o pai, visconde de Ouro Preto, último presidente do Conselho de Ministros do império, afastou-se da vida política (1903). Professor catedrático da Faculdade de Direito do Rio de Janeiro, membro fundador da Academia Brasileira de Letras e presidente perpétuo do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, colaborou em inúmeros jornais do Rio de Janeiro e de São Paulo e foi fundador do Jornal do Brasil.

Morreu no Rio de Janeiro, RJ, e além do livro que o tornou famoso como ufanista, publicou Vultos e fatos (1892), O imperador no exílio (1893), a novela Lupe (1894), O assassinato do coronel Gentil de Castro (1897), Oito anos de Parlamento (1898) e O visconde de Ouro Preto (1935).

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados