Colégio Web

Entenda os motivos que fazem com que os adolescentes tenham mais fome

Uma boa orientação de horários e qualidade de alimentos são fundamentais para o período.

Publicidade

Para quem conta com filhos mais velhos em casa, certamente já pode perceber algumas coisas, os adolescentes tendem a comer muito. Isto é natural, já que a necessidade de energia gasta em atividades determinadas em um momento de sua vida, como este, tende a ser maior. Os períodos de maior velocidade de crescimento e transformação do organismo requer grandes quantidades de energia, sendo assim os principais agravantes os dois primeiros anos de vida, e o período de adolescência.

Entenda os motivos que fazem com que os adolescentes tenham mais fome

Porque isto ocorre na adolescência?

No período de adolescência temos uma fase de maiores mudanças físicas, tanto para o quesito de desenvolvimento de puberdade, como o corpo infantil que começa a tomar gradativamente formas adultas, além do período conhecido como estirão, que é onde ocorre a mais rápida situação de crescimento entre o menino ou a menina.

Para que o organismo dê conta de tantos gastos de energia, o organismo aumenta de forma instintiva a sensação de fome, o que altera de forma significativa o apetite de jovens, tanto para a quantidade como na qualidade e frequência de alimentação, estas mudanças são ainda mais pontuais no sexo masculino.

Como o adolescente pode se alimentar melhor?

Entenda os motivos que fazem com que os adolescentes tenham mais fome

Outra situação comum para os adolescentes é o hábito de comer sem horários definidos, e muitas vezes passar uma tarde inteira diante do computador, consumindo alimentos gordurosos e também tomando bebidas açucaradas, muitas vezes passar longos períodos sem comer nada é um erro comum nesta faixa etária. A orientação correta é procurar realizar de 5 a 6 refeições diárias, a cada 3 horas, com três refeições principais e alguns lanches entre elas. Por isso é fundamental oferecer todo o cuidado e orientação com relação a alimentação ao adolescente para que ele possa viver melhor, mas sem orientar o mesmo como uma forma de punição.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados