Colégio Web

Confira riscos e benefícios de cirurgia plástica em adolescentes

Pais e responsáveis devem ficar atentos com este tipo de procedimento em jovens.

Publicidade

Cada vez mais jovens desejam fazer cirurgias plásticas para mudar alguma parte do seu corpo. Afinal de contas, vivemos em uma era onde as coisas precisam acontecer de forma muito rápida, e isso acaba se tornando ainda mais evidente quando levamos em consideração a adolescência.

Confira riscos e benefícios de cirurgia plástica em adolescentes

Mas qualquer tipo de cirurgia plástica realizada em adolescentes deve ser analisado com mais cuidado do que quando estamos falando de procedimentos para adultos. Primeiramente, é fundamental entender que a adolescência é uma fase de transformação, e fazer qualquer tipo de alteração forçada no corpo durante o processo pode acabar não trazendo os resultados desejados originalmente.

Os especialistas afirmam que a não aceitação do corpo por parte dos adolescentes é comum, uma vez que as mudanças acabam acontecendo muito rapidamente. Neste caso, não são poucos os adolescentes que acabam não aceitando as formas que o seu corpo está tomando e tentando iniciar uma busca implacável por corpos imaginários.

Isso não significa que os adolescentes estejam inteiramente proibidos de realizar cirurgia plástica, muito pelo contrário. Mas existem uma série de aspectos que precisam ser levados em consideração para que uma cirurgia dessas seja, de fato, feita.

Confira riscos e benefícios de cirurgia plástica em adolescentes

Em alguns casos, adolescentes que tenham características que fujam ao padrão da sociedade e que estejam provocando transtornos do comportamento devem ser cuidadosamente avaliadas para uma possível cirurgia.

Outros casos que são passiveis de cirurgia é quando os jovens acabam tendo alterações físicas consequentes de características do corpo, como dores nas costas por seios grandes, ou alterações faciais e problemas respiratórios por alterações nasais.

Em todos os casos, é fundamental que os pais e responsáveis entendam e façam os jovens entenderem que as cirurgias devem ser feitas para correções de problemas de saúde, e não na busca de conseguir um efeito imediato de mudança corporal.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados