Colégio Web

UEFS (BA) divulga lista de convocados na 2ª chamada do Prosel 2018/2

Candidatos devem fazer matrículas no dia 2 de agosto.

Publicidade

A Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), na Bahia, publicou nesta semana a lista com a 2ª chamada dos convocados no Processo Seletivo ao Ensino Superior (Prosel) 2018/2. Nesta segunda lista que foi divulgada para este processo de seleção, estão sendo chamadas 129 pessoas. Todas elas deverão fazer matrícula no próximo dia 2 de agosto.

UEFS (BA) divulga lista de convocados na 2ª chamada do Prosel 2018/2

A lista pode ser encontrada no site da UEFS.

Os candidatos devem ficar atentos aos horários de matrículas, pois a instituição criou dois grupos para atender os estudantes de uma forma mais eficiente. Confira os horários de cada um dos cursos:

9h às 11h: Odontologia; Licenciatura em Ciências Biológicas; Bacharelado em Ciências Biológicas; Medicina; Engenharia Civil; Licenciatura em Pedagogia; Psicologia; Engenharia de Alimentos; Enfermagem; Música; Engenharia de Computação e Licenciatura em Educação Física.

14h30 às 17h: Administração; Direito; História; Ciências Econômicas; Ciências Contábeis; Letras Inglês; Letras Vernáculas e Agronomia.

Além da foto 3×4, os aprovados deverão apresentar os seguintes documentos para efetivar sua matrícula:

– Identidade

– CPF

– Certificado de conclusão do ensino médio ou equivalente

– Histórico escolar

– Certidão de nascimento ou casamento

– Título de eleitor e comprovante da última eleição (maiores de 18 anos)

– Comprovante de quitação com o Serviço Militar (homens maiores de 18 anos)

UEFS (BA) divulga lista de convocados na 2ª chamada do Prosel 2018/2

As provas aconteceram nos últimos dias 10 e 11 de junho, sendo o primeiro dia de provas reservado para as questões de Português, Língua Estrangeira, História e Geografia, além da Redação. Já o segundo dia de provas foi reservado para as questões de Matemática, Física, Química e Biologia.

Neste processo seletivo, foram oferecidas 1.007 vagas para Feira de Santana, na Bahia. Destas, 56 foram destinadas aos indígenas ou quilombolas.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados