Colégio Web

Fies 2018/2 terá novas regras. Confira o que mudou!

As mudanças deverão incluir um financiamento mínimo obrigatório de 50%, um aumento do valor financiado e a transferência de vagas.

Publicidade

Recentemente o Ministério da Educação o MEC realizou uma coletiva de imprensa para apontar as mudanças que devem ocorrer nas regras do Fundo de Financiamento Estudantil, o Fies 2018.

Fies 2018/2 terá novas regras. Confira o que mudou!

As inscrições para o Fies 2018 de acordo com o MEC deverão iniciar na segunda quinzena de julho, e a edição para o segundo semestre deste ano já está na vigência de novas regras.

Serão diversas alterações no Fies, estas que estão na modalidade 1 que o ministério da Educação chamada de Fies Público, pelo Fundo Garantidor. Este tipo de categoria foi inaugurado este ano e conta com juros zero.

Como funciona essa modalidade do Fies?

  • Fonte de recurso Tesouro Nacional.
  • Juros Zero com correção de Inflação.
  • Prestações máximas de 10% da renda familiar.
  • Renda familiar mensal de até três salários mínimos por pessoa.

Para financiamento equivalente de no mínimo 50%

A primeira mudança que ocorre é o estabelecimento de financiamento mínimo de 50% para oportunidades oferecidas no Fies com juros zero. De acordo com o ministro da Educação Rossieli Soares, anteriormente era realizado um balanceamento entre a renda do candidato, e a partir disto, se determinada o valor do financiamento.

Fies 2018/2 terá novas regras. Confira o que mudou!

Já o modelo antigo de financiamento, que ficava abaixo de 50% impedia que diversos participantes beneficiados pudessem continuar seus cursos por conta do baixo valor que era financiado. Com isto o MEC acabou por fixar uma porcentagem mínima para ser atendida ao Fies.

As oportunidades que não forem preenchidas neste primeiro semestre de 2018 devem ser ofertadas na próxima edição do Fies. Enquanto isto, o fundo está em fase de inscrição de vagas remanescentes. Foram disponibilizadas ao menos 100 mil vagas para 2018 sendo que 80 mil delas serão apenas para o primeiro semestre.

Outras 75 mil vagas são oferecidas no primeiro semestre através do Programa de Financiamento Estudantil, modalidade com juros, uma categoria que terá a oferta durante o segundo semestre do ano.

 

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados