1Há 500 anos atrás, os navegantes traziam mercadorias de vários lugares do mundo para serem consumidas nas cidades europeias. Eram porcelanas, tecidos, especiarias como cravo, canela e pimenta, e muitos outros produtos. E eram as caravelas, um dos principais meios de transporte da época, que levavam mercadorias que viajavam por longo tempo, atravessando mares e oceanos de um lugar para o outro. Depois, as mercadorias podiam ainda ser transportadas no lombo de animais ou em carroças até os mercados onde eram vendidas. Muitos produtos, principalmente alimentos, chegavam aos destinos já estragados ou impróprios para o consumo, pois não havia, na época, condições adequadas de armazená-los.

Publicidade

Como as mercadorias viajam atualmente 
Ao evoluir as embarcações e a invenção de novos meios de transportes, as mercadorias puderam circular em vários lugares do mundo, com mais rapidez e melhores condições de armazenagem.

Há 500 anos atrás, os navegantes traziam mercadorias de vários lugares do mundo para serem consumidas nas cidades europeias. Eram porcelanas, tecidos, especiarias como cravo, canela e pimenta, e muitos outros produtos.

E eram as caravelas, um dos principais meios de transporte da época, que levavam mercadorias que viajavam por longo tempo, atravessando mares e oceanos de um lugar para o outro. Depois, as mercadorias podiam ainda ser transportadas no lombo de animais ou em carroças até os mercados onde eram vendidas. Muitos produtos, principalmente alimentos, chegavam aos destinos já estragados ou impróprios para o consumo, pois não havia, na época, condições adequadas de armazená-los.

Ao evoluir as embarcações e a invenção de novos meios de transportes, as mercadorias puderam circular em vários lugares do mundo, com mais rapidez e melhores condições de armazenagem.

Transporte aéreo: usado para mercadorias de grande e pequeno porte. Essas mercadorias, no Brasil, são fiscalizadas por órgãos específicos. O transporte aéreo tem a vantagem de preservar o produto.

Transporte marítimo: representa boa parte do transporte no comércio exterior, tem como principal vantagem os baixos custos.

Transporte Rodoviário, Ferroviário e Fluvial – alternativo para nações limítrofes ou curtas e médias distâncias. Não recomendado para longas distâncias, pois as características e dificuldades desse tipo de transporte envolve passar por fronteiras físicas de diferentes espaços, estradas em inadequadas e fatores diversos.