Colégio Web

As cantigas satíricas de escárnio e de maldizer

Descubra as caracteríticas das cantigas de satíricas de escárnio e de maldizer.

cantigas satiricas e de escarnio

Publicidade

As cantigas de escárnio

Nessa cantiga, o eu – lírico, faz uma crítica (sátira) indireta e com duplos sentidos a alguém. Para os trovadores fazerem uma cantiga de escárnio, ele precisa compor uma cantiga falando mal de alguém, ou seja, fazendo uma critica a alguma pessoa, através de palavras de duplo sentido, ou seja, através de ambigüidades, trocadilhos e jogos semânticos, através de um processo denominado pelos trovadores equívoco.

Essa cantiga é capaz de estimular a imaginação do autor, sugerindo-lhe uma nova expressão irônica.

Vejamos um exemplo de cantiga de escárnio:

Ai, dona fea, foste-vos queixar
que vos nunca louv[o] em meu cantar;
mais ora quero fazer um cantar
em que vos loarei toda via;
e vedes como vos quero loar:
dona fea, velha e sandia!…

As cantigas de Maldizer.

Esse tipo de cantiga, também traz criticas, ou seja sátiras diretas, porém não são acompanhadas de duplos sentidos. É normal que ocorra agressões verbais à pessoa que está sendo criticada, ou seja, satirizada, geralmente usa-se até mesmo palavrões para compor esse tipo de cantiga, onde se revela ou não o nome da pessoa que está sendo agredida verbalmente.

Vejamos um exemplo de cantiga de Maldizer:

Roi queimado morreu con amor
Em seus cantares por Sancta Maria
por ua dona que gran bem queria
e por se meter por mais trovador
porque lhela non quis [o] benfazer
fez-sel en seus cantares morrer
mas ressurgiu depois ao tercer dia!…

Outras modalidade satíricas 

As cantigas sátiricas distiguem-se de várias formas , ou modalidade de cantigas.

  • As cantigas de joguete arteio e risabelha: são pequenas composições que fazem rir somente no momento, ou seja, causa um riso imediato, e que não têm nenhuma críticas às pessoas e nem à sociedade.
  • As cantigas de seguir: são construídas a partir de outra cantiga, ou seja, o tema da cantiga foi reaproveitado, os versos, as rimas e as músicas.
  • O sirventês: muito diferente de uma sátira personalizada, era composto por um servo em honra a seu senhor, ou seja, escreveu sobre os inimigos de seu senhor
  • O desacordo: se diferencia pela irregularidade do esquema métrico.
  • As tensões: era como se fosse um desafio onde os trovadores e os jograis tinham que calcular suas habilidades poéticas.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados