Digite o que você quer buscar:  
Home » Trabalhos Escolares » Literatura » Modernismo - Segunda Fase » Jorge de Lima e Vinícius de Moraes
01/06/2012 11:02

Jorge de Lima e Vinícius de Moraes

Aumentar fontes para melhor leitura Diminuir fontes para melhor leitura

Obras principais de Murilo Mendes:

1. Poesias (1930)

2. História do Brasil (1932)

3. Tempo e Eternidade (1935)

4. A poesia em Pânico (1941)

5. As Metamorfoses (1941)

6. Poesia e Liberdade (1947)

JORGE DE LIMA

Nascimento e morte – Jorge Mateus de Lima nasce em 23 de abril de 1895, em União dos Palmares (AL). Morre em 16 de novembro de 1953, no Rio de Janeiro (RJ).

Medicina – Inicia, em 1911, a faculdade de Medicina (Salvador, BA), concluindo-a em 1915, no Rio de Janeiro.

Política – Elegeu-se Deputado Estadual pelo Partido Republicano de Alagoas (1926) e vereador pela UDN (1946).

Segunda geração – Sua poesia vincula-se à segunda geração do Modernismo. Sua poética contempla desde o soneto, com versos alexandrinos, até o verso livre. Seus temas preferidos são cenas da infância e motivos regionais.

Poemas famosos:

1. O Acendedor de Lampiões

2. Essa Negra Fulô

Principais obras de Jorge de Lima:

1. O Mundo do Menino Impossível (1925),

2. Novos Poemas (1930)

3. Tempo e Eternidade (1935)

4. A Túnica Inconsútil (1938)

5. Poemas Negros (1947)

 

VINÍCIUS DE MORAES

Nascimento e morte – Marcos Vinícius de Moraes nasce em 19 de outubro de 1913, no Rio de Janeiro. Morre na mesma cidade, em 9 de julho de 1980.

Direito – Forma-se em Direito, no Rio de Janeiro, em 1933.

Estréia – Em 1933, publica o primeiro livro de poesias: O Caminho para a Distância.

Vinícius e Tom
– Em 1956, inicia parceria com Tom Jobim, que faz as músicas para sua peça Orfeu da Conceição.

Música – Em 1958, é lançado o LP Canção do Amor Demais, que inclui a música Chega de Saudade, composta por ele e Tom Jobim, marco do movimento da Bossa Nova.

Segunda geração – Vinícius de Moraes pertence à segunda geração do Modernismo. Soube dosar o sucesso na poesia (tem vários sonetos antológicos), na música (Garota de Ipanema é a música brasileira mais executada no mundo) e na crônica.

Poemas famosos:

1. Soneto de Fidelidade

2. Soneto de Separação

3. Soneto do Amor Total

4. A Rosa de Hiroshima

5. Receita de Mulher

Obras principais:

1. Forma e Exegese (1935)

2. Ariana, a Mulher (1936)

3. Novos Poemas (1938)

4. Livro de Sonetos (1957)





Você também vai querer ler...

Comente!

Que tal ajudar?

Ajudamos milhões de estudantes todos os meses, levando conteúdo educacional, de graça. Faça uma doação e ajude a manter o projeto. Clique no botão ao lado.