Digite o que você quer buscar:  
Home » Trabalhos Escolares » Geografia » Problemas ambientais » Principais problemas ambientais no mundo e no Brasil
01/06/2012 10:10

Principais problemas ambientais no mundo e no Brasil

Aumentar fontes para melhor leitura Diminuir fontes para melhor leitura

1. Principais problemas ambientais no mundo e no Brasil

É possível dividir os problemas ambientais do mundo em três níveis: 

a) Alterações climáticas

Os efeitos de El Niño e La Niña

São fenômenos que se manifestam nas águas oceânicas do Pacífico ocasionando alterações no clima do planeta Terra e interferências nas variações de temperatura e na regularidade das chuvas. 

Geralmente seguido do El Niño ocorre a La Niña, porém com efeitos contrários. O aumento dos ventos alísios carrega as águas quentes superficiais para a Ásia, e as águas frias seguem a direção inversa, chegando à superfície aos arredores do litoral peruano.

Degelo no Mundo

O degelo é um dos efeitos do aquecimento global que vem ocorrendo em diversas partes do planeta.
As grandes cordilheiras mundiais estão tendo suas massas de gelo e neve reduzidas. 

De acordo com os especialistas no assunto, até o ano de 1997 a região Ártica já tinha 14% de sua área reduzida, e a Antártica possuía 3000 Km2 de degelo. 

b) formas distintas de poluição

Poluição do ar

É causada principalmente pela queima de combustíveis fósseis (como o carvão e o petróleo) que aumenta a concentração de CO2 (dióxido de carbono) na atmosfera terrestre. 

Poluição da água

As águas são contaminadas pelo lançamento de materiais poluentes nos mares, rios, lagos e represas. Lixo, produtos químicos e esgoto sem tratamento são os principais poluentes das águas e a despoluição das águas é um processo bastante trabalhoso. 

Poluição do solo

É causada pelos lixos que são jogados em locais impróprios e que demoram se decompor, e por componentes químicos.

Principais poluentes do solo

Poluição sonora

Ocorre principalmente nos grandes centros urbanos devido às buzinas, ruídos de motores e escapamentos, máquinas, e pessoas falando ao mesmo tempo, prejudicando o sistema auditivo.

Poluição visual

É provocada por placas, propagandas, outdoors, pichações dispostos em ambientes urbanos, que além de poluir o visual das cidades, tiram a atenção dos motoristas contribuindo para os acidentes de trânsito

c) extinção de espécies e desmatamento

Muitas florestas estão sendo derrubadas para o comércio de madeira, ou sendo queimadas para a formação de pastos e para o crescimento urbanização. Animais estão sujeitos à caça e pesca predatória para a comercialização de sua pele e carne.

Com isso, muitas espécies de plantas e animais correm sérios riscos de entrar em extinção. 

Importância das florestas

As florestas são muito úteis para a vida na terra, é o habitat mais diversificado do planeta.

A importância das florestas está relacionada a alguns fatores:

. Conservam o equilíbrio entre os gases presentes na atmosfera.

. Mantêm o equilíbrio da temperatura.

. Protegem os rios, diminuindo as chances de assoreamento.

. Protegem os solos da água da chuva, evitando que ela passe pelo tronco e infiltre no subsolo.

. Favorece a existência de animais de várias espécies, fornecendo alimento à eles.

Portanto, a destruição das florestas representa um grande risco ambiental.

O selo verde

O Conselho de Manejo Florestal (FSC), uma ONG ambientalista internacional, representa o selo verde que apóia os produtos de origem florestal de maneira sustentável. 

O lixo

Com o crescimento populacional, a quantidade de lixo produzido também tem aumentado. A decomposição é uma forma de controlar o lixo urbano, porém grande parte desse lixo não é biodegradável, portanto, não se decompõe causando a poluição. 

O lixo das cidades pode ser levado para os lixões, aterros sanitários ou passam pelos processos de incineração ou compostagem. 

Lixão

Os Lixões são extensos terrenos a céu aberto para onde os lixos urbanos são levados.

Neste local o lixo não recebe tratamento adequado, causando grandes problemas ambientais como a reprodução de moscas e a produção do chorume através da decomposição do lixo, substância altamente tóxica que contamina os lençóis freáticos e o solo.

Aterros Sanitários

O aterro sanitário é um local onde o lixo é enterrado em camadas alternadas de lixo e terra, evitando-se assim o mau cheiro e a proliferação de insetos. Na execução de um aterro sanitário, é importante impermeabilizar sua base para evitar a contaminação do subsolo e construir canais de drenagem para os gases e líquidos (chorume) que se formarão. 

O lixo que vai para o aterro sanitário são os não-recicláveis, no entanto, é comum encontrar materiais recicláveis nos aterros, pois a coleta seletiva ainda não é realizada adequadamente.

Incineração

Incineração é um processo que consiste em queimar o lixo em câmaras de incineração, reduzindo o número de resíduos e destruindo os microorganismos causadores de doenças.

Compostagem

Compostagem é um processo na qual o lixo passa por uma triagem e é divido em três partes: material orgânico, materiais não-aproveitáveis e materiais recicláveis. 

O material orgânico passa por um tratamento biológico, onde é produzido um composto que é usado como adubo para a fertilização do solo. 

Os materiais não-aproveitáveis são levados para os aterros sanitários.
 
Os materiais recicláveis são direcionados para determinados locais onde ele será reaproveitado para fazer novos produtos. 

Reciclagem

É um processo que reaproveita certos materiais com o intuito de reduzir a produção de lixos. É preciso nos conscientizar de que reciclar é importante para a vida do planeta, pois esta prática traz muitos benefícios, como a economia de energia, redução de poluição, limpeza e higiene das cidades, geração de empregos, entre outras.

Para reciclar é necessário adotar uma série de atitudes como a coleta seletiva, ou seja, não misturar materiais recicláveis com o restante do lixo; reutilizar vasilhames, latas e sacolas, etc.


Recomendados para você

Comentários