Digite o que você quer buscar:  
01/06/2012 10:10

Migrações internas

Aumentar fontes para melhor leitura Diminuir fontes para melhor leitura

3. Migrações Internas 

Migrações internas são movimentos populacionais que ocorrem no interior de um país. 

As principais áreas que ocorrem as migrações internas são as de repulsão populacional e as de atração populacional. 

Áreas de repulsão populacional: são as áreas que perdem população por diversos fatores, como: carência de mercado de trabalho, atividades econômicas com dificuldades em atrair e conservar as populações locais, baixa qualidade de vida, desestruturação demográfica e familiar. Um exemplo de área de repulsão populacional é a Região Nordeste. 

Áreas de atração populacional: são as áreas atraem as populações de outras áreas. Os principais fatores atrativos são: numerosas oportunidades de emprego, melhor qualidade de vida, condições climáticas favoráveis. Um exemplo de área de repulsão populacional é a Região Sudeste. 

Êxodo Rural 

É um termo usado para indicar o deslocamento dos indivíduos das zonas rurais para as zonas urbanas. 

O êxodo rural no Brasil tornou-se mais intenso nos anos 40, graças à arrancada industrial que aconteceu na Região Sudeste, e pela situação instável da população das zonas rurais. 

Causas do êxodo rural
 
Causas repulsivas 

- Excesso populacional, que causou um desequilíbrio entre a mão-de-obra livre e as oportunidades de emprego. 

- o problema das secas, inundações e geadas. 

- carência de instituições de ensino e assistência médico-social. 

- problemas do solo: erosão e esgotamento. 

- baixa remuneração trabalhista. 

- mecanização da agricultura. 

Causas atrativas 

As zonas urbanas oferecem uma melhor qualidade de vida e oportunidades como: empregos, escolas, moradia, assistência médico-hospitalar, profissionalização. 

Migrantes por região de origem/destino – 1986/1991

Migrantes por região de origem/destino – 1991/1996





Comente!