Busca Digite o que você quer buscar:  
Home » Trabalhos Escolares » Biologia » Sistema hormonal » Hormônios sexuais femininos
Postado em 31/05/2012 18:06, atualizado em 19/10/2015 10:39

Hormônios sexuais femininos

Aumentar fontes para melhor leitura Diminuir fontes para melhor leitura

1A proximidade da menopausa mexe intensamente com as mulheres. Sem saber da grande influência dos hormônios, muitas delas padecem por não escolher soluções como a própria reposição hormonal. Vamos entender um pouco mais sobre o assunto?

O hormônio é uma substância que carrega mensagens de um órgão para outro. Até mesmo para os tecidos. No caso do hormônio sexual, ele atua para fazer valer os ciclos reprodutivos.

Um dos principais hormônios da sexualidade são: estrógeno e progesterona. Eles são produzidos na região do ovário ao longo da vida reprodutiva. Além deles, há o hormônio folículo-estimulante (FSH em inglês) que é produzido pela hipófise, localizada na base cerebral. É o FSH quem estimula as células do ovário, que iniciam a produção do estrógeno.

Quando o nível de estrógeno fica elevada, o hipotálamo que fica no cérebro começa a secretar o hormônio luteinizante (LH em inglês). Em picos de LH, os ovários liberam os óvulos. Os folículos ovarianos passam a ser corpos lúteos que começam a produzir progesterona.

Assim, a movimentação hormonal vai desenvolvendo toda a mucosa uterina e mantém a mulher pronta para reproduzir, gestar. Se não há fecundação, os hormônios diminuem sua produção. Quando a progesterona cai, há a menstruação, que é o útero passando a ser descamado. São as produções de estrógeno e progesterona que dão conta da produção do FSH, o que faz com que seja reiniciado o ciclo menstrual.

Com o passar dos anos

2À medida que a mulher envelhece, vai diminuindo a produção de óvulos. Daí os níveis hormonais começarem a oscilar. É a chegada da menopausa. O estrógeno, também chamado de estradial é o hormônio sexual da mulher. Além de interferir na ovulação, concepção e gestação, mantém o nível de colesterol e interfere na área óssea feminina.

Depois da menopausa, esse hormônio tem redução nos ovários. O tecido adiposo o produz muito pouco. Daí que podem surgir osteoporose e doenças cardíacas. A reposição hormonal previne tais complicações e eleva o nível do colesterol bom, combatendo o ruim.

Junto com o estrógeno, a progesterona prepara a mulher para a gravidez e mexe com os ciclos menstruais. Na menopausa, tais ciclos começam a ficar irregulares. Depois dela, um pequena fração é produzida.

O andrógeno, hormônio masculino mas que também é produzido pela mulher, acaba sendo reduzido na menopausa. Conhecer o próprio organismo é uma forma de livrar a mulher de alguns problemas futuros. Especialmente quando tanto se teme a tal da menopausa.


Publicidade

Pela Web

Comentários