Colégio Web

A Obesidade e a luta do Ministério da Saúde

De acordo divulgação do Ministério da Saúde, metade da população brasileira se alimenta de forma errada e precária. Confira o guia de alimentação saudável!

Publicidade

Como você se alimenta? Qual o tipo de alimento você ingere todos os dias? Você já foi ao médico e verificou como anda a sua saúde? O brasileiro tem o hábito de deixar tudo para a última hora, principalmente, quando o assunto é saúde, mas veja as estatísticas do Ministério da Saúde e saiba se você não se enquadra dentro delas.

Estatísticas  do Ministério da Saúde

De acordo divulgação do Ministério da Saúde, metade da população brasileira se alimenta de forma errada e precária.

De acordo com as estatísticas, o excesso de peso da população atinge mais de 50% das pessoas, sendo que 17% são obesas. Essa estimativa é relacionada entre os adultos, mas sabemos que as crianças e adolescentes caminham para o mesmo destino, pois uma a cada três crianças e um a cada cinco adolescentes estão acima do peso esperado.

Obesidade

Portanto, a obesidade atinge a todos indiferente a classe social, sexo e idade; é um fator que contribui para o desenvolvimento de inúmeras doenças. Pessoas obesas possuem mais predisposição de desenvolver determinadas doenças como infarto, Acidente Vascular Cerebral (AVC), trombose, embolia, arteriosclerose, além de apneia do sono e até mesmo doenças mais graves, como certos tipos de câncer.

Iniciativas do Governo e do Ministério da Saúde

O Governo juntamente com o Ministério da Saúde criou um guia de alimentação saudável. Esse guia foi criado com o objetivo de esclarecer e alertar a população sobre os maus hábitos alimentares, além de ajudar na prevenção da desnutrição (que atinge milhares de pessoas) e doenças crônicas geradas pela má alimentação.  Algumas dessas doenças estão diretamente ligadas com a alimentação como a obesidade, a anemia, o diabetes e a hipertensão.  Além de que ensina como manter uma alimentação saudável e equilibrada, com alimentos que possuem vitamina A e D, ferro, proteínas e demais nutrientes para aumentar o sistema imunológico e doenças infecciosas.

Guia de Alimentação

O Ministério da Saúde solicita a participação da população na contribuição de sugestões e comentários para agregar ao Guia de alimentação. Essa contribuição pode ser realizada por meio do site www.saude.gov.br até o dia 07 de maio.

É preciso que as pessoas alterem seus hábitos alimentares consumindo mais frutas, verduras e legumes.  É preciso conscientização da população no sentido de evitar certos tipos de alimentos gorduroso, doces, refrigerantes, congelados, enlatados e comidas preparadas em fast food. Devemos estimular e valorizar a alimentação caseira e os produtos frescos.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados