Colégio Web

O que são Primeiros Socorros e como agir?

Publicidade

Qualquer pessoa está sujeita a se deparar ou presenciar algum tipo de emergência. Acidentes podem acontecer nos mais variados ambientes, como por exemplo, no trânsito, no trabalho, ou até mesmo dentro de um ambiente domiciliar.

Nessas ocasiões, as pessoas acidentadas necessitam de auxílio médico o quanto antes, mas nem sempre o socorro profissional está presente para atender a vítima imediatamente. Então, é importante que pessoas comuns estejam preparadas para saber como proceder em situações como essas, lembrando que, em hipótese alguma, qualquer tipo de auxílio exclui a necessidade de uma avaliação e atendimento médico especializado.

Primeiramente, vamos compreender a definição de primeiros socorros:

Primeiros socorros são os cuidados imediatos prestados a uma pessoa acidentada. É um procedimento inicial e temporário que busca manter as funções vitais e evitar qualquer tipo de agravamento na condição da vítima até a chegada de atendimento especializado.

Ao presenciar um acidente, existem providências básicas que devem ser tomadas:

  1. Fazer uma rápida avaliação da vítima, atentando-se para algo que possa comprometer as suas funções vitais;
  2. Utilização de técnicas simples para aliviar qualquer condição que ameace a vida, ou que possa agravar a situação da vítima;
  3. Solicitar o serviço de emergência.

Vale lembrar que não basta tratar de sequelas físicas e doenças, também faz parte do atendimento prestar apoio psicológico à vítima ou àquelas pessoas que presenciaram o evento traumático.

Como agir em caso de acidente?

Muitas pessoas acabam não prestando socorro às vítimas, pois não sabem exatamente como devem se portar diante de um acidente. É claro que nenhum acidente é exatamente igual a outro e cada um contém suas particularidades, mas mesmo assim, podemos estabelecer algumas ações que são eficazes ao presenciar alguma emergência.

Para que o atendimento seja eficaz, é imprescindível:

Manter a calma

Sabemos que é muito difícil para quem presencia algum acidente se manter calmo e ter atitudes totalmente racionais e coerentes. No entanto, qualquer ação desesperada, feita por impulso, pode agravar a situação e prejudicar ainda mais a condição da vítima.

Portanto, o primeiro passo ao presenciar algum acidente é manter a calma, evitando o pânico e procurando a colaboração das pessoas ao redor. É importante olhar atentamente para a situação e pensar nos procedimentos a serem realizados.

Avaliar o cenário

Antes de iniciar a realização de qualquer procedimento é necessário que se avalie o cenário do acidente, buscando perceber rapidamente se a cena oferece perigo à vítima ou às pessoas que a ajudarão. Em hipótese nenhuma a pessoa que vai prestar o socorro pode colocar sua própria vida ou condição física em risco.

Evitar o agrupamento de pessoas

Ao testemunharem um acidente, é normal que as pessoas fiquem curiosas e busquem entender o que aconteceu. Porém, o excesso de pessoas ao redor da vítima pode ser prejudicial para o seu estado físico e emocional, além de atrapalhar na execução dos procedimentos de socorro. Portanto, deve-se dispersar o agrupamento de pessoas, mantendo por perto apenas as pessoas que podem de fato, auxiliar no atendimento.

Avaliar o acidentado

Uma das ações mais importantes é a avaliação do acidentando. Deve-se evitar alterar a posição da vítima e, caso haja necessidade, realizar a mobilização com segurança, evitando agravar os traumas sofridos. Caso a vítima esteja inconsciente, deve-se colocar sua cabeça em posição lateral para evitar afogamento com saliva ou vômito, caso isso venha a ocorrer.

Manter a vítima calma

Também é de grande importância que a vítima não esteja em pânico após o acidente. Desta maneira, cabe a quem estiver prestando socorro tentar tranquilizar ao máximo o acidentando. Qualquer fator pode agravar a situação, com

o por exemplo, se a vítima estiver com medo, ansiosa ou sem confiança naquele que está prestando o socorro.

Acionar socorro especializado

Após realizar esses procedimentos iniciais, é necessário que a vítima receba atendimento médico especializado o mais rápido possível. Portanto, após a realização dessas ações, o socorro profissional deve ser acionado para dar continuidade ao atendimento.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados