Colégio Web

Gengibre – sabor e aroma ardentes!

Publicidade

É uma planta nativa da Ásia e da região dos trópicos, mais especificamente, da ilha de Java, da Índia e da China. Suas propriedades são conhecidas desde tempos remotos, e com o passar do tempo tornou-se conhecida por todo o mundo. No Brasil, o gengibre é cultivado e se adaptou as condições e clima da faixa litorânea.

O gengibre  é uma das  plantas medicinais mais antigas e usadas pelo povo de todo o mundo. É uma planta aromática, terapêutica, usada na gastronomia e  na fabricação de cosméticos para saúde e beleza.

O gengibre ajuda e previne muitas doenças, além de ser um grande aliado para a saúde.

Característica do Gengibre

O gengibre tem o nome científico de Zingiber officinale. É uma planta perene com suas folhas verdes de tom escuro. Seu caule nasce de forma horizontal, é duro, grosso e subterrâneo (rizoma). Suas flores, em tom de amarelo, nascem em forma de espigas eretas.  Os rizomas são importantes como órgão de reprodução vegetativa ou assexuada de diversas plantas como a espada-de-são-jorge e o lírio da paz.

Propriedades do Gengibre

O gengibre é uma planta medicinal e possui propriedades analgésica, expectorante, anti-inflamatória. Além de possuir ação antisséptica, bactericida, desintoxicante e antioxidante. Acredita-se ainda que possua poder afrodisíaco.

Benefícios do gengibre

O chá de gengibre, feito com pedaços do rizoma fresco fervido em água, é usado no tratamento contra gripes, tosse, resfriado, dores de garganta e diminui a congestão nasal. Alivia os sintomas de gota, artrite, dores de cabeça e na coluna, cólicas menstruais e previne o câncer de intestino e ovário. É usado para a perda de apetite, diarreia, vômitos, dor abdominal, alivia sintomas de gastrite e úlcera.

Contra indicação

O gengibre não tem contra indicações toxicas, mas deve ser apreciado com moderação, principalmente, se usado para dietas.

Gengibre

Como podemos usar o gengibre?

Podemos usar o gengibre na alimentação nos mais variados pratos doces ou salgados. Ele tem um sabor picante e combina no preparo de sopas, ensopados, para o tempero frango e carnes. No preparo de molhos, saladas e sucos. Também pode ser preparado um delicioso chá com a infusão de pedaços de rizoma.

Em gargarejos com o chá ajuda a aliviar a inflamação da garganta, além de que sua ação antisséptica ajuda no mau hálito.

Em massagens é usado com óleo essencial para efeitos anestésico e analgésico.

Como cosmético é usado para regular o excesso de oleosidade do couro cabeludo. Existem vários produtos como xampus e condicionadores a base de gengibre que limpam o couro cabeludo eliminando a oleosidade. A ação antioxidante previne o envelhecimento dos fios deixando-os macios e leves. O efeito refrescante, renegerador e hidratante proporciona aos fios de cabelo saúde e beleza. Pode ser usado para cabelos normais e principalmente oleosos. Lembre-se que é sempre aconselhável consultar um dermatologista para verificar o melhor tipo de xampu para o seu tipo de cabelo.

Após o banho, use creme ou loção hidratante a base de gengibre deixando a pele mais suave, perfumada e refrescante.

Para a limpeza mais profunda da pele encontramos produtos esfoliantes que retiram as impurezas e suaviza as asperezas ocasionadas pela poluição e pela maquiagem.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados