Colégio Web

Principais doenças causadas pelo cigarro

Publicidade

Pelo mundo há milhões de pessoas morrendo graças às substâncias nocivas do cigarro. Ao todo no Brasil, 290 mil mortes anuais são relacionadas ao cigarro. Ao mesmo passo que diariamente pode ser afirmado que 357 mortes devem-se ao vício do cigarro. As doenças causadas pelo cigarro são diversas e é um mal tão devastador que ataca não apenas os fumantes ativos como os passivos, ou seja, aqueles que não fumam diariamente, mas ao relacionarem-se muito com fumantes acabam inalando e fumando por tabela.

Principais Doenças causadas pelo Cigarro

Doença Causada pelo Cigarro

São milhares as doenças atribuídas aos fumantes. As doenças causadas pelo cigarro são aumentadas ou potencializas mediante ao tempo do uso. Ou seja na mesma proporção do tempo do vício equipara-se a quantidade de possibilidades do fumante contrair ou acabar desenvolvendo um ou uma série de problemas de saúde. Entre as principais doenças causadas pelo cigarro estão:

Câncer de pulmão
Câncer de boca
Câncer de laringe
Câncer de estômago
Leucemia
Infarto do miocárdio
Enfisema nos Pulmões
Impotência sexual
Bronquite
Trombose vascular
Redução da capacidade de aprendizado e memorização – Catarata
Aneurisma arterial
Rinite Alérgica
Úlcera do aparelho digestivo
Infecções respiratórias
Angina

Esta lista de doenças causadas pelo cigarro também aplica-se a fumantes passivos, que apesar de não fumarem diretamente, podem apresentar uma ou mais tipos das doenças e problemas apresentados acima.

Custo das Consequências do Cigarro

Gasta-se em um ano, em média, 21 bilhões de reais entre as redes públicas e privadas para tratar dos problemas relacionados ao tabaco e às doenças causadas pelo cigarro. Há uma expectativa que estes novos tempos em que vivemos traga a descoberta de 520 MIL tipos de câncer. Deste montante 37% estará diretamente relacionado à nicotina. Alarmante, não?

Doenças causadas pelo Cigarro

Os dois Lados da Moeda

O Brasil beneficia-se muito com o vício do cigarro. É o maior exportador de tabaco, bem como quarto maior produtor do tabaco no mundo. Por esta razão, seja um país tão preparado para apresentar os dois lados da moeda em relação a este assunto. A Folha publicou uma reportagem em que Paula Johns, diretora executivca da ACT, afirma:

“É impactante olhar para os R$ 21 bilhões e para outras coisas que poderiam ser financiadas. Os ônus são para todos, mas os lucros vão para os acionistas. “

Enquanto isso, apresenta também o outro lado da moeda com o depoimento de Romeu Schneider, presidente da câmara setorial do Tabaco:

“Deveriam usar números reais, como os que usamos. Nosso faturamento é superior a R$ 17 bilhões, mais de R$ 10 bilhões em impostos.”

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados