Colégio Web

5 curiosidades sobre câncer de pulmão

Publicidade

O câncer de pulmão é o mais comum de todos os tumores malignos. Em 2012, aproximadamente 27 mil brasileiros foram diagnosticados com essa doença. Um dos grandes motivos, sem sombra de dúvidas, é a desinformação. As pessoas deveriam ir ao médico mais vezes ao ano, mas a verdade é que apenas se dirigem ao doutor quando a dor ou algum sintoma aparece; muitas vezes já é tarde.

O câncer de pulmão apresenta várias curiosidades que podem, sim, salvar vidas de quem as conhece. Dessa maneira, trouxemos até você um artigo especial sobre o assunto. Fale com seus amigos e familiares, alerte-os para que entendam cada um dos pontos e não sofram como milhares de outros brasileiros.

Você sabia…

Cancer Pulmão

Veja abaixo os pontos importantes abordados pelo Dr. Gustavo Colagiovanni Girotto, oncologista clínico do Hospital de Base de São Jose do Rio Preto e presidente da Associação Brasileira de Biomarcadores Tumorais (ABMT).

Que não são apenas fumantes que podem desenvolver câncer de pulmão?

Na maioria das populações, os casos de câncer de pulmão relacionados ao tabaco representam 80% ou mais, mas cerca de 10% dos casos estão relacionados a outros fatores de risco como a exposição a produtos químicos – arsênico, asbesto, berílio, radônio, níquel, cromo, cádmio e cloreto de vinil – principalmente encontrados em alguns ambientes de trabalho, além do histórico familiar de câncer de pulmão.

Que o fumante passivo tem risco de ter câncer de pulmão?

O fumante passivo pode desenvolver câncer de pulmão em 25% dos casos, além de outras doenças como bronquite e enfisema pulmonar.

Que os charutos e cachimbos provocam câncer de pulmão tanto quanto cigarros comuns?

Tanto os cigarros como os charutos e fumo para cachimbos consistem em folhas de tabaco secas, além de outras substâncias. Como há mais fumantes de cigarros do que de charutos e cachimbos, a ocorrência de câncer por cigarro é maior, no entanto charutos e cachimbos são igualmente prejudiciais à saúde. Há evidência recente que drogas ilícitas como a maconha podem também aumentar o risco de aparecimento de câncer de pulmão.

Que o câncer de pulmão não é uma doença assintomática?

Os sintomas mais comuns do câncer de pulmão são a tosse, falta de ar e o sangramento pelas vias respiratórias. Nos fumantes, o ritmo habitual da tosse é alterado e aparecem crises em horários incomuns para o paciente. Pneumonia de repetição pode, também, ser a manifestação inicial da doença. Fique atento aos sintomas.

Que existe mais de um tipo de câncer de pulmão?

O câncer de pulmão é classificado em dois tipos principais: pequenas células (15%) e não-pequenas células (85%). O tumor de não-pequenas células corresponde a um grupo heterogêneo composto de quatro tipos histológicos principais e distintos: carcinoma epidermóide, adenocarcinoma,  carcinoma de grandes células e carcinoma bronquíolo-alveolar (que muitas vezes é uma variante do adenocarcinoma).  Um dos tipos de câncer de pulmão é causado por uma mutação no gene EGFR e para isso já existe um tratamento especifico denominado “alvo molecular”, com drogas orais (como a Gefitinibe e o Erlotinibe, usados no tratamento de câncer de pulmão de não pequenas células).

Pulmão Cancer

Conclusão

Tenho certeza que você está boquiaberto nesse momento. Por exemplo, quem mora com fumantes também podem adquirir câncer de pulmão! Caso você conheça alguém com tosse e falta de ar frequente, que fume ou viva perto de algum fumante, avise-o. Ajude as pessoas espalhando conhecimento!

Faça com que as palavras do Dr. Gustavo cheguem ao maior número possível de homens e mulheres. Se cada um fizer a sua parte, essas simples e interessantes curiosidades poderão salvar a vida de muitos jovens, adultos e idosos. Comece compartilhando nas redes sociais!

Cuide-se…

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados