Colégio Web

Gêneros do substantivo: uniformes

Conheça as características dessa classe gramatical

Publicidade

A classe gramatical dos substantivos apresenta dois gêneros: masculino e feminino.

Masculino: é aquele substantivo referente a todo ser masculino ou consagrado como tal.

Exemplos: cavalo, livro, papel, etc.

Feminino: é aquele substantivo referente a seres do sexo feminino ou estabelecidos como tal.

Exemplos: noiva, galinha, mesa, etc.

São, principalmente, as terminações da palavra que vão apontar para a diferenciação entre gênero feminino e masculino na classe dos substantivos. Na maioria das vezes essa diferença aparece com a chegada do artigo “a” ou “as” antes do substantivo.

Exemplo: o noivo, a noiva/ o tigre, a tigresa/ a embaixador, a embaixatriz

Uniformes

substantivoDentro da classificação de gênero feminino e masculino os substantivos ainda se dividem em uniformes ou biformes.

Uniformes: é quando o substantivo apresenta um único formato que serve tanto para designar um ser masculino quanto um feminino.

Exemplo 1: a criança. Nesse caso, há um único substantivo para explicar a presença de uma criança do gênero feminino ou masculino. Independente do sexo daquele ser, pois não existe “o crianço”.

Exemplo 2: a palavra dentista, que serve para designar aquele especialista que cuida dos dentes: não existe o dentisto. Apenas a forma dentista é apropriada.
Nesse caso: a dentista ou o dentista são usados para diferenciar no aspecto do gênero.

Exemplo 3: a palavra barata, que representa um ser em que sequer temos facilidade para distinção. Nesse caso, o formato obedecerá a seguinte grafia: barata fêmea e barata macho.

Divisão dos uniformes

substantivos uniformes

Como você observou, há certa complexidade em relação aos substantivos uniformes. Nesse sentido, eles foram divididos para melhor compreensão.

Veja como ocorre a divisão dos substantivos uniformes:

Epicenos: é aquele substantivo em que se faz necessária a colocação da palavra macho e fêmea para entender a diferenciação.

Exemplo: cobra macho, cobra fêmea.

Veja alguns exemplos de substantivos epicenos: águia, baleia, cobra, onça, aranha, cutia, papagaio, tubarão, crocodilo, gavião, urubu, jacaré, borboleta. Comuns de dois gêneros: é aquele substantivo em que a questão do gênero pode ser diferenciada pelo artigo e pelo pronome. Nesse caso, a palavra vai ter a mesma grafia, sendo que os pronomes e artigos é quem vão dizer se ela é do gênero feminino ou masculino. Fiquem ligados nos exemplos:

O motorista, a motorista
O jornalista, a jornalista
O cliente, a cliente

Sobrecomuns: a última classificação dos substantivos uniformes diz respeito aos sobrecomuns. É preciso ficar bem atento a esse tipo de substantivo, pois geralmente é o que mais acaba sendo cobrado nas avaliações justamente por seu nível de complexidade. Nesse caso, até que haverá um artigo o antecedendo, mas é preciso ter clareza de que há uma única forma para os dois gêneros. Veja nos exemplos:

O algoz – o carrasco – o cônjuge – o guia – o animal – o defunto – o ente – a criatura – a pessoa – a criança – a testemunha – o membro – o apóstolo – o monstro – o indivíduo – o manequim – a vítima – o verdugo – o sujeito – o tipo – o ser.

Agora que você já entendeu um pouco dessas classificações, chegou a hora de fazer alguns exercícios. Clique aqui e treine seu conhecimento!

 

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados