Colégio Web

“Afim” ou “a fim”

Quando e como utilizar cada uma dessas expressões

Publicidade

Algumas palavras são “danadas” para gerar dúvidas por apresentarem fonemas semelhantes. É o caso daquelas que são compostas por x ou ch, s ou z, g ou j.

Em outras ocasiões, a confusão ocorre em relação ao uso, na norma culta, de algumas palavras. A forma como elas são pronunciadas, por assim dizer.

Há também aqueles vocábulos em que, mesmo com significado diferente, são bastante parecidos na pronúncia e na própria grafia. O que fazer em situações como essa? Ficar muito atento!

Hoje, vamos observar essa situação nas expressões “a fim” e “afim”.

Diferentes classes gramaticais

O primeiro a aspecto a ser observado nessas duas expressões diz respeito à classe gramatical de cada uma. É esse fato que vai determinar a significação diferenciada. Vamos conferir alguns exemplos!

“Afim” ou “a fim”

É preciso estudar a fim de ser aprovada em um bom concurso público.

Nesse exemplo inicial uma relação é estabelecida entre a expressão e a oração. É uma relação de finalidade. Qual é a finalidade dos estudos? Conseguir ser aprovada em um bom concurso.

Estou muito a fim de morar na Irlanda!

No segundo exemplo, a expressão “a fim” é bastante observada em conversas informais de linguagens coloquiais. Essa que falamos durante o dia com os amigos. O “a fim”, nesse caso, passa uma ideia de desejo, de necessidade e vontade.

São disciplinas afins.

O português é uma língua afim com espanhol.

Nos dois últimos exemplos a expressão “afim” está representando um adjetivo. Há uma ideia de similaridade, igualdade, de semelhanças. Existe uma afinidade e ligação entre as duas comparações. Tanto entre as disciplinas, quanto entre os dois idiomas e línguas. Essa semelhança está bem clara na oração.

Exercitar é a melhor maneira de aprender!

A melhor forma de fixar um determinado conteúdo é por meio do exercício. Nesse caso, vale ficar ligado na síntese:

“Afim” ou “a fim”

a fim: em caso de locução prepositiva, sempre indicando finalidade.

Afim: como adjetivo, MAS funcionando como similaridade ou afinidade.

E aí, vamos exercitar? O Sérgio Gouveia, do blog Gramática sem Dramática, nos presenteia com alguns exercícios bem legais! Confira!

Complete as frases abaixo, usando “afim” ou “a fim”

1) Eu gostaria de ler outro livro _________ com aquele que você me emprestou.
2) Como estamos fazendo isso _________ de aprender bem a língua, não precisamos buscar raciocínio _________aos que simplificam tanto que, em verdade, criam regras.
3) Muitos não aprendem verdadeiramente o que se lhes apresenta pois não ficam _________ de refletir seriamente.
4) Sempre que fico _________ de, com poesia, aproximar-me mais da natureza, leio um bom poema de Manoel de Barros.
5) Seu ideal _________ com o meu não lhe garante a minha simpatia.
6) O eleitor deveria fazer campanhas _________de evitar que candidatos despreparados fossem eleitos.
7) Os meios de comunicação em massa não se mostram _________de realmente instruir quem os acompanha.

Depois desse treino ficou mais fácil entender o processo? Quais são as suas principais dúvidas relacionadas à língua portuguesa? Envie para nós e fique ligado nos demais conteúdos do Colégioweb!

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados